Poupar

Vantagens e desvantagens de fazer um seguro para animais

5 min

Há seguros de responsabilidade civil, seguros de saúde e seguros mais completos. Conheças as diferenças, os preços e o mais adequado para o seu animal doméstico.

Qual o melhor seguro para o meu animal de estimação? É uma pergunta pertinente. Ter animais de estimação pode ser sinónimo de imprevistos, danos e doenças, que podem ter consequências preocupantes, sobretudo se os animais não estiverem protegidos. E não se trata apenas de uma necessidade para cães de raças potencialmente perigosas. Todos os cães e gatos podem ter reações imprevisíveis, momentos menos sociáveis, ser atropelados ou desenvolver uma doença à medida que vão envelhecendo.

Em qualquer caso, é melhor não esperar para ver. Os seguros existem para garantir a cobertura de despesas dos danos causados pelos animais de estimação em caso de acidente, e também em caso de doença e desaparecimento dos mesmos. Existem vários tipos de apólices no mercado, para todos os animais, para as suas necessidades e idades. Tudo depende do que quer para si e para o seu animal de estimação.

1. Quero um seguro contra danos a terceiros

Se pretende proteger-se contra eventuais danos materiais ou corporais, causados a terceiros pelo seu animal doméstico, então deve contratar um seguro de responsabilidade civil. Uma apólice deste tipo garante o pagamento de indemnizações a terceiros, pelos prejuízos causados pelo animal.

Desta forma, estará protegido em situações como: brincadeiras em que o cão magoa uma criança, morde o vizinho, causa danos a um carro ou uma loja.

Note que, quem tem um cão potencialmente perigoso, tem obrigatoriamente de ter um seguro de responsabilidade civil com um capital mínimo de 50.000€. São considerados cães potencialmente perigosos aqueles que, devido às características, comportamento, agressividade, tamanho ou potência de mandíbula, possam causar lesão ou morte a pessoas ou outros animais. De acordo com a lei, são consideradas raças potencialmente perigosas: Fila brasileiro, Dogue argentino, Pit Bull Terrier, Rottweiller, Staffordshire Terrier americano, Staffordshire Bull terrier e Tosa Inu.

Quanto custa? O seguro de responsabilidade civil é tipicamente mais barato do que o de saúde e do que as soluções mais completas. Os valores variam bastante de seguradora para seguradora e sobretudo com a idade e a raça do animal. Se for uma raça potencialmente perigosa, o prémio é mais elevado.

No caso de um seguro de responsabilidade civil, com um capital mínimo de 50.000 euros, o prémio anual pode começar nos 20€ e chegar aos 70€, mas de acordo com um estudo da DECO o valor médio é 40 euros por ano.

2. Quero um seguro de saúde

Os especialistas estimam que, em média, um animal de estimação custa 900 euros por ano à família, entre despesas de alimentação e veterinário. Não são raras as situações – ao longo da vida de um animal – em que há otites, alergias, dermatites, problemas do trato urinário, vómitos, diarreia ou diabetes.

É precisamente para minimizar os riscos e os custos e dar um melhor tratamento ao seu animal que existem os seguros de saúde.

Por norma, estes seguros preveem a assistência veterinária e medicamentosa em caso de doença, acidente, cirurgias, tratamentos ou internamento do animal. Na maioria dos casos, as apólices cobrem exames, cirurgias e internamentos e dão ainda alguns descontos em produtos para animais, medicamentos ou alimentação.

Deve ter em atenção que algumas seguradoras têm cláusulas de exceção ligadas a condições de saúde pré-existentes nos animais. E, dependendo da seguradora, poderá ser exigida uma idade mínima ao animal segurado, que pode variar entre um mínimo de três meses e um máximo de dois anos de idade. O seguro poderá, também, ser limitado a um máximo de idade do animal, até aos 10 anos, por exemplo.

Se tem um seguro de saúde para si, vai encontrar semelhanças no funcionamento da apólice do seu animal. Por norma, o seguro paga uma franquia de despesas e o proprietário do animal fica limitado a uma rede de médicos veterinários. Quando se recorre ao seguro de saúde o procedimento costuma ser: ir com o animal ao médico veterinário, pagar a conta, enviar a informação à seguradora e receber o reembolso da mesma.

Quanto custa? A franquia a pagar depende do capital garantido, das coberturas incluídas, da rede de consultórios, clínicas e hospitais disponíveis, da idade e raça do animal. Mas deve contar com um custo médio anual entre 100 e 120 euros.

3. Quero um seguro premium – com tudo incluído

Se procura uma solução à prova de todo o tipo de imprevistos, deve contratar um seguro completo. Há no mercado várias opções premium, que incluem a cobertura da Responsabilidade Civil, a componente de assistência veterinária e medicamentosa e ainda uma série de outras coberturas que permitem uma assistência completa ao animal.

Cobertura de guarda, que assegura que o animal não fica sozinho em caso de internamento ou hospitalização do dono.

Defesa jurídica, que cobre todas as despesas legais em consequência dos danos causados pelo animal doméstico a terceiros.

Localização em caso de desaparecimento, que inclui todas as despesas relacionadas com a comunicação do desaparecimento do animal, junto de associações ou divulgação nos meios de comunicação social.

Organização de serviços fúnebres, que assegura a organização dos serviços fúnebres do animal, incluindo as formalidades necessárias.

Quanto custa? Não há uma oferta vasta de seguros deste tipo. Os que há apresentam um prémio anual que varia entre os 150 e os 400 euros, dependendo das coberturas que oferecem e com que tetos. Mas a DECO aponta para uma média de 150 euros anuais para os seguros mais abrangentes.

O que deve saber antes de fazer um seguro para o meu animal de estimação?

  • O que está abrangido pelas coberturas;
  • Que despesas são dedutíveis;
  • Que percentagem é paga e que procedimentos abrangem;
  • Se existe um valor limite por incidente ou por ano;
  • Se há limite de idade para subscrever o seguro;
  • Qual o valor das indemnizações a terceiros por danos e prejuízos provocados pelo animal.

Que seguradoras disponibilizam seguros?

No site Seguros +, gerido por mediadores, pode encontrar soluções de seguros para animais domésticos, de responsabilidade civil, de saúde ou completos. Deixamos apenas três opções de seguradoras que oferecem várias modalidades, das ofertas mais básicas às mais completas: Ocidental Seguros, Mapfre e N Seguros.

Longe de ser uma extravagância, um seguro para o seu animal de estimação é um seguro que protege toda a família.