Poupar

Sabe mesmo ler as datas de validade dos alimentos?

1 min

Datas de validade ajudam a combater o desperdício alimentar

Data de publicação 2019 M08 1

O tema não é novo, mas o certo é que ainda há muito desconhecimento no que respeita à validade dos alimentos e má interpretação dos rótulos.

Foi para trazer mais e melhor informação sobre a validade dos alimentos, trazendo a perspetiva de que ao ter mais e melhor informação é possível rentabilizar o consumo, evitando o desperdício, que a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), lançou este ano uma campanha.

Agora, vamos começar a esclarecer. As datas de validade dos alimentos não são todas iguais. Descubra as diferenças.

“Consumir até”


O que significa?
Que o alimento deve ser consumido até à data apresentada. Esta é a data limite de consumo.

A que alimentos se aplica?
Aplica-se a produtos perecíveis, como a carne fresca, iogurtes, queijo fresco, saladas, sanduiches e refeições prontas.

“Consumir de preferência antes de”


O que significa?
Que o alimento conserva as propriedades específicas até à data indicada, o que significa que é possível consumir após a data desde que se respeitem as regras de conservação.

A que alimentos se aplica?
Produtos não perecíveis, como o azeite, batatas fritas, cereais, cuja validade é por norma inferior a 3 meses.

“Consumir de preferência antes do fim de”


O que significa?
Que o alimento conserva as propriedades específicas até à data indicada, o que significa que é possível consumir após a data desde que se respeitem as regras de conservação.

A que alimentos se aplica?
A produtos não perecíveis como congelados e conservas, mas cuja validade é por norma superior a 3 meses.

Produtos sem validade
Também os há e por isso não há necessidade de ter indicação da validade.

A que produtos se aplica?
Produtos não perecíveis, considerados conservantes naturais como o sal, o açúcar ou o vinagre.
 

“Aproximação do fim do prazo de validade”


Para combater o desperdício alimentar, as cadeias de supermercados disponibilizam um local específico visível para escoar este tipo de produtos com etiquetas onde se lê “aproximação do fim do prazo de validade”.

Agora que está mais informado, só tem de ir gerindo os rótulos lá em casa e fazer a sua parte para evitar o desperdício.

Arrendamento

Habitualmente encarado como uma forma inicial, menos dispendiosa e mais despreocupada de ter uma habitação, o arrendamento tem-se tornado complicado e inatingível para a maioria dos orçamentos familiares. Esclarecemos todas as dúvidas que possam surgir.

Já conhece o Programa de Arrendamento Acessível?

Poupar

Já conhece o Programa de Arrendamento Acessível?

5 min
Rendimentos prediais: como escolher a tributação das rendas no IRS?

Impostos

Rendimentos prediais: como escolher a tributação das rendas no IRS?

1 min
Rescindir um contrato de arrendamento

Direitos e Deveres

Rescindir um contrato de arrendamento

1 min
É senhorio? Conheça as suas obrigações fiscais.

Direitos e Deveres

É senhorio? Conheça as suas obrigações fiscais.

1 min
Senhorios não vão poder proibir animais de estimação

Direitos e Deveres

Senhorios não vão poder proibir animais de estimação

3 min
Sete direitos e deveres dos senhorios

Direitos e Deveres

Sete direitos e deveres dos senhorios

2 min
Sabe como negociar rendas antigas?

Direitos e Deveres

Sabe como negociar rendas antigas?

3 min