Trabalho e carreira

Está à procura de emprego? Nós ajudamos

8 min

Como começar, onde procurar e o que deve fazer para se adaptar a uma entrevista feita à distância. Conte Connosco para ajudá-lo a encontrar trabalho.

Com a segunda fase de desconfinamento, os negócios começam a reabrir e é tempo de muitos trabalhadores voltarem às suas funções. Outros continuam em teletrabalho. Mas, infelizmente, há quem tenha ficado desempregado por causa da crise provocada pela pandemia de Covid-19.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística, a taxa de desemprego atingiu os 6,7% no primeiro trimestre deste ano - mais 75 mil pessoas em comparação com o mesmo período do ano passado. O Governo prevê que a taxa “possa crescer 3 ou 4 pontos percentuais” até ao final de 2020, um pouco abaixo dos 10% previstos pela Comissão Europeia. 

Se é o seu caso e está à procura de emprego, sugerimos-lhe como começar:

  • O primeiro passo é fazer um bom currículo: criar um formato apelativo, realçar o que é importante, retirar o que não acrescenta nada ao seu percurso e fazer CVs diferentes em função da candidatura
  • Monte uma estratégia: atualize os seus contactos; peça ajuda a quem está no meio; recorra às redes sociais. Veja aqui se tem tudo preparado. 
  • Comece a procurar ativamente e tenha alguma paciência: dependendo da área que procura e da sua experiência profissional e habilitações, pode demorar alguns meses até encontrar o que pretende.

Tome nota de alguns sites onde pode procurar emprego:

Alerta Emprego - Neste site pode pesquisar pela função ou cargo que procura, por empregos recentes, a nível nacional, no estrangeiro ou escolher ver todos os empregos disponíveis. Em resultado da pandemia, assim que entra no site a primeira mensagem que surge é a oferta de empregos em regime de teletrabalho.

Bolsa de Emprego Público - Neste site, é possível encontrar todas as ofertas de emprego para a Função Pública. Tem como objetivo permitir maior transparência nos processos de recrutamento e facilitar os mecanismos de mobilidade. É uma base de informação para casar a oferta com a procura pelos cargos do Estado.

Carga de Trabalhos - É um site com ofertas direcionadas para as áreas da Comunicação e Tecnologias da Informação e Comunicação. Para poder responder aos anúncios, tem de fazer registo na plataforma e passa também a receber os anúncios no e-mail. Também encontra aqui formações específicas para esta área.

Career Jet - Tem mais de 20 mil empregos publicados em Portugal e permite  também o acesso a mais de 40 mil sites de todo o mundo. Pode pesquisar pelo tipo de indústria, por localidade, no mundo ou fazer uma pesquisa avançada com o título do emprego que procura, empresa ou palavra-chave.

Coffeepaste - O site foi criado em 2006 com o intuito de partilhar oportunidades na área das artes do espetáculo. Em 2013 tornou-se num portal onde, para além de conteúdos como artigos e entrevistas, também é possível encontrar anúncios para castings, cursos de formação, abertura de calls e concursos.

Emprego Saúde - É uma plataforma com ofertas específicas de emprego para os profissionais de saúde: médicos, dentistas, enfermeiros, fisioterapeutas. Pode procurar por tipo de oferta, salário, categoria ou data de publicação. Também pode filtrar em função da disponibilidade: full-time, part-time, freelance, temporário ou estágio. A maior parte das ofertas é para o estrangeiro em países como Irlanda, França ou Bélgica.

Emprego XL - Neste site pode consultar os últimos empregos, os empregos em destaque ou pesquisar as ofertas por distrito.

Expresso emprego - Além de ofertas de emprego para Portugal, também tem ofertas para o estrangeiro, em diversas áreas. Pode fazer a pesquisa pelos anúncios mais recentes, ofertas da semana ou especificamente pelos que incidem na área de Engenharia ou de Tecnologias de Informação. Se quiser, também poderá restringir a pesquisa pela data de publicação, tipo de contrato, funções, setores, experiência profissional ou habilitações literárias.

IEFP Online - Se precisar de se inscrever no centro de emprego, pode fazê-lo através da internet no site do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP). Aqui também encontra milhares de ofertas de emprego e de estágio e pode fazer a pesquisa tanto pelas ofertas como pela localidade.

IT Jobs - Como o nome indica, é um site com ofertas de emprego, formação e eventos específicos para a área de Tecnologias de Informação (TI). Tem mais de 2500 anúncios de emprego e 40 ações de formação.

Landing.jobs - Lançado por uma startup portuguesa, procura conciliar as oportunidades de emprego com o perfil do candidato mais adequado no setor das Tecnologias de Informação. Neste site é possível dar referências de alguém que considere adequado para aquele emprego ou função e ser recompensado por isso. A recompensa pode ser em dinheiro ou vales de desconto. Pode pesquisar as ofertas de emprego por localização - Lisboa, Porto, Berlim, Barcelona e Amesterdão - categoria, nível de experiência profissional ou trabalho remoto, por exemplo. Além do Landing Jobs, a mesma startup lançou também o Landing Work destinado a facilitar a interação direta entre os contractors (pessoas que têm a sua própria empresa e trabalham com apenas um cliente, a tempo inteiro e durante algum tempo, diferente de um freelancer) e os clientes.

LinkedIn - É uma rede social diferente de todas as outras. Funciona como uma espécie de CV online, onde os amigos/colegas podem identificar as caraterísticas que mais apreciam no seu trabalho e onde se pode ligar a recrutadores de todo o mundo. Se não é adepto de redes sociais, mas está à procura de emprego, deve criar um perfil no LinkedIn.

Net empregos - É dos maiores portais de emprego e foi criado em 1997. Tem mais de 4,7 milhões de utilizadores registados e mais de 200 mil empresas. Tal como acontece nos outros sites, pode pesquisar online ou receber as ofertas no seu e-mail.

Portal Emprego - Para além de ofertas de emprego, neste site é possível encontrar também informação sobre concursos públicos, ações de formação e voluntariado. O Portal Emprego surgiu com o Projeto “Crescer Cidadão” no âmbito da iniciativa comunitária Equal, destinada a criar condições para a inserção sócio-económica de públicos mais desfavorecidos ou alvo de discriminação.

Sapo Emprego - Pode pesquisar por um anúncio em específico, através de uma palavra-chave ou do código do próprio anúncio. Mas também pode pesquisar emprego por distrito, categoria ou no estrangeiro, em 22 países  de todo o mundo. Na categoria destinada aos Universitários, encontra também temas como “Criação do próprio emprego” e “Voluntariado”.

Turijobs - É um site de emprego para a área do Turismo e Hotelaria. Pode registar o seu CV, pesquisar empregos por área ou por distrito. Também existe uma aplicação para telemóvel.

Alguns sites de emprego são agregadores de ofertas. Ou seja, funcionam como uma espécie de motores de busca que vão buscar informação publicada noutros sites:

Jobtide - É um site agregador de ofertas, o que significa que pode encontrar aqui anúncios quer já viu noutros locais. Para ter acesso aos pedidos de emprego tem de preencher um formulário e recebe-os diretamente no seu e-mail.

Jobrapido, Neuvoo ou Jooble- Também permitem a pesquisa noutros sites. A pesquisa pode ser feita por distrito ou por categoria.

Se o seu objetivo é procurar emprego fora de Portugal, damos-lhe algumas das melhores referências:

  • EURES - é uma rede de cooperação europeia de serviços de emprego criada para facilitar a livre circulação de trabalhadores. Aqui pode encontrar emprego em qualquer parte da Europa. Tem mais de 2 milhões de vagas registadas e 15 mil empregadores.
  • Euro Brussels - Se gostaria de trabalhar num organismo ou instituição da União Europeia aqui é um dos locais onde deve procurar. Pode pesquisar pelo tipo de trabalho que procura, área ou país/cidade. Muitas das ofertas são para Bruxelas e Estrasburgo, sede das principais instituições comunitárias como a Comissão Europeia ou o Parlamento Europeu.
  • Monster - Esta plataforma está associada a algumas das maiores multinacionais como a Amazon, UPS, IBM ou CVS Health. Tem a particularidade de encontrar vídeos com a descrição das ofertas feita pelos próprios empregadores à procura do colaborador ideal para a função.
  • Career Builder - É outro gigante na área do recrutamento internacional como o Monster e já se adaptou ao contexto da pandemia. Assim que entra no site vê uma chamada de atenção para a procura de emprego no contexto da Covid-19.

Se já obteve resposta às suas investidas e tem uma entrevista marcada, veja como deve preparar-se para que tudo corra bem.

No atual contexto, é bem possível que essa entrevista seja feita por vídeochamada, por isso, acrescentamos 3 dicas que podem ser úteis:

  1. Veja, com antecedência, qual a ferramenta que vai ser utilizada durante a vídeochamada e familiarize-se com a sua forma de funcionamento. Com o impulso sentido no teletrabalho, devido à pandemia de Covid-19 e à necessidade de confinamento, muitas empresas começaram a usar, com regularidade, Hangouts, Teams, Zoom ou outras.
  2. Cuide da sua apresentação. Apesar de estar em casa, trata-se de uma entrevista de trabalho, por isso, é conveniente usar uma roupa um pouco mais formal.
  3. Mesmo que esteja em casa, mantenha um ambiente profissional. Tenha à sua frente uma fonte de luz e não nas costas. Coloque a posição da câmara do seu computador ou telemóvel à sua frente e escolha um fundo interessante ou opte por desfocar o que está atrás de si (é uma opção existente em várias das ferramentas de teletrabalho).

Não se esqueça que, além de tudo isto, ao longo da sua carreira, deve apostar sempre na sua formação e valorização pessoal e profissional. Boa sorte!