Trabalho e carreira

Como fazer um bom currículo

1 min

A apresentação e conteúdo de um currículo podem determinar o sucesso de uma candidatura. Há pormenores que deve ter em atenção na hora de o fazer. Saiba quais são.

Se está desempregado e à procura de trabalho, saiba que há pormenores no preenchimento do seu currículo que saltam à vista e que podem fazer toda a diferença entre ser ignorado, no meio de tantos currículos que chegam às empresas, ou ser selecionado para uma primeira ronda de entrevistas.

Tome nota do que deve fazer se está a atualizar o seu currículo.

Preste atenção ao formato. A apresentação deve ser equilibrada. A aparência suave e clara, mas com detalhes que se destaquem. Se adicionar um pequeno toque de cor, chama a atenção do empregador. O tipo de letra é igualmente um pormenor importante.

Realce o que é realmente importante. O que aparece em primeiro lugar pode determinar se o seu currículo vai ser lido até ao fim. No topo deverá destacar as suas competências-chave, atributos que marcam a diferença e que considera serem uma mais-valia para o cargo ao qual se está a candidatar, e que nenhum empregador se dá ao luxo de desperdiçar. Enfatize as suas qualidades e o seu perfil como trabalhador. E, se tem provas sobre a qualidade do seu trabalho, coloque a ligação com o respetivo endereço. Pode usar o LinkedIn ou um site pessoal.

Não deve cair no erro de usar o mesmo currículo sempre que se candidata a um emprego. Saber adaptá-lo ao tipo de empresa é importante. Tente utilizar uma linguagem adaptada ao perfil da empresa.

Se ganhou algum prémio ou foi promovido, ponha sempre esse facto em primeira linha e tente explicar como sucedeu. O que fez para que a chefia percebesse o seu potencial. Que método utilizou, o que fez a diferença na sua forma de trabalhar, de que forma superou as expectativas do seu chefe, se fez mais além daquilo que lhe competia. Se sim, o quê? Estas informações são preciosas na hora de escolher um candidato e devem estar no currículo. Mas, atenção, apresente tudo de forma simples e resumida. .

Não tenha medo de omitir informação no seu currículo. Se o que fez há mais de 10 anos não é essencial para a carreira que quer construir, não mencione esse trabalho.