Poupar

Diga adeus aos sacos de plástico em 5 alternativas

2 min

Um saco de plástico pode demorar até 1000 anos a ser decomposto. Deixar de usar estes sacos é uma forma de contribuir ativamente para um planeta mais verde.

O planeta está cada vez mais contaminado por plásticos. O plástico está em quase tudo o que nos rodeia, a começar pelos vulgares sacos. Se há opções mais amigas do ambiente e ecologicamente mais sustentáveis, está na altura de dizer adeus aos sacos de plástico e adotar uma destas cinco alternativas.

1.Vá às compras do mês com sacos PET. São aqueles sacos mais grossos e vendidos nos hipermercados, por cerca de cinquenta cêntimos. Têm mais espaço, são mais resistentes e mais amigos do ambiente, porque são produzidos com materiais reutilizáveis. Além disso, também são mais amigos das mãos e dos ombros.

2.Para as compras do dia a dia use sacos de algodão biológico. A partir de 2 euros consegue comprar um saco para o pão, para os cereais, leguminosas, chás ou outras compras pequenas. São biodegradáveis, laváveis e duram uma eternidade.

3.Reutilize embalagens de cartão. Já há supermercados que disponibilizam caixas de cartão da loja para que os clientes levem os produtos até casa. Uma forma cómoda, resistente e gratuita de transportar até os alimentos mais sensíveis, como frutas, legumes e ovos. Guarde-as e leve-as sempre consigo na bagageira do carro.

4.Vá às compras de forma 100% sustentável. Há sacos feitos de fibras biodegradáveis e resistentes, que poupam o planeta a todos os níveis. Escolha fibras que não utilizam produtos químicos, como o cânhamo, a juta ou o tencel. São 100% biodegradáveis e compostáveis.

5.Por último, vá às compras com estilo. Há cada vez mais marcas – nacionais e internacionais - a juntarem-se a este movimento pelo fim da ‘Era do plástico’. Não faltam peças de todas as cores, padrões e texturas, que fazem das compras um momento de moda e tendência, sem abdicar da sustentabilidade. Há um mundo de escolhas, dos sacos originais (feitos à mão, em algodão biológico) às cestas de verga e vime (do tempo das avós) a condizer com os mercados biológicos, passando por modernas cestas de compras que se reduzem ao tamanho de um tablet.  

Mais simples ou com mais personalidade, gratuitas ou dispendiosas, não faltam opções para tornar as suas compras mais sustentáveis. Começar a dizer adeus ao plástico, está nas suas mãos.