Poupar

2 truques para descobrir se compensa comprar em quantidade

1 min

Nem sempre o que, à primeira vista, parece mais barato, compensa realmente. Aprenda a descobrir se vale a pena comprar em maiores quantidades e faça sempre as melhores escolhas.

Será que comprar artigos ou serviços em lote sai, realmente, mais barato do que adquiri-los à unidade? Seria de esperar que o preço baixasse sempre com o aumento da quantidade, mas nem sempre, na prática, esta lógica se verifica.

Para garantir que, efetivamente, gasta menos dinheiro, utilize dois truques simples:

1. Compare o preço unitário. Nos supermercados, não se fixe apenas no preço do artigo, mas olhe também para as letras pequeninas, que revelam o custo por unidade. É esse o valor que deve comparar. E quem diz o preço por unidade, diz o preço por litro, por exemplo, no caso das bebidas.

2. Veja o prazo de validade. No caso dos artigos alimentares, pode encontrar packs com preços mais baixos pelo simples facto do prazo de validade estar próximo. Quanto aos serviços, pegando no exemplo de uma lavandaria, confirme quanto tempo tem para usufruir da sua aquisição. Não serve de nada comprar um pacote mensal de 20 camisas, se prevê que nesse prazo não vá deixar à lavandaria mais do que 10.

Comprar em grandes quantidades pode ter outros inconvenientes: leva-nos a consumir mais (afinal, quanto mais temos, mais gastamos); obriga a ter espaço para armazenar os artigos; e ainda limita a liberdade de escolha, porque se o dinheiro já está empatado, não vamos comprar outra pasta de dentes, mesmo que já estejamos fartos daquela que usamos há meses.

Isto aplica-se a quase tudo o que adquirimos no dia-a-dia. Agora que sabe como desvendar os “truques” utilizados pelos comerciantes, já pode começar a poupar alguns euros em cada ida às compras.