Poupar

Truques dos supermercados para o fazer gastar mais

1 min

Conheça algumas das táticas mais usadas pelas grandes superfícies. Na próxima vez que for às compras, repare e entenda porque é que, tantas vezes, acaba por gastar mais do que a conta.

Se já lhe aconteceu ir ao supermercado com ideia de comprar meia dúzia de coisas, mas acabou por trazer um carrinho cheio, saiba que existem estratégias pensadas para levar os consumidores a comprar e a gastar mais do que precisam. Conheça alguns dos estímulos, e truques, mais usados.

1. Tamanho dos carrinhos

Se quiser evitar comprar enquanto o carrinho ainda tem espaço, escolha um cesto de tamanho reduzido, para se concentrar no que é essencial.

2. Artigos na entrada

Não é por acaso que, logo à entrada do supermercado, quando está mais recetivo e de carrinho vazio, dá de caras com tudo aquilo que não lhe faz falta. Não se precipite.

3. Música

Por norma, a música ambiente é calma e tem como objetivo fazer com que os consumidores abrandem o ritmo e comprem mais.

4. Passagem do tempo

Raramente as grandes superfícies têm janelas ou relógios. Para não perder a noção da passagem do tempo, vá consultando as horas no relógio ou telemóvel.

5. Temperatura

À exceção da zona dos frescos, a temperatura é geralmente amena, para que se sinta confortável, e prolongue a sua estadia.

6. Bens essenciais escondidos

Os bens essenciais, como o pão e os ovos, estão por norma, ao fundo das lojas. Repare como, pelo caminho, ao passar pelos corredores, é aliciado com outros produtos.

7. Preços a terminar em 9

A técnica é antiga, mas eficaz. Diante do preço 1 euro e 99 cêntimos, muitos leem apenas 1 euro, quando na realidade o preço é de quase 2 euros.

8. Altura dos produtos nas prateleiras

O que está ao nível dos olhos são os produtos que os supermercados querem vender. E, por norma, são os mais caros. Acima, ou mais para trás, nas prateleiras, encontrará os preços mais baixos.

9. Linhas de caixas

As linhas de caixas estão repletas de coisas apetecíveis, para miúdos e graúdos: revistas, pilhas, pastilhas, chocolates, cromos e carrinhos. Se passou na área mais rentável do supermercado sem consumir, parabéns, é um consumidor forte!

Uma última dica: para manter o foco, faça uma lista de necessidades, em papel ou digital. E resta dizer: boas compras.