Impostos

Máquinas do Metro de Lisboa já emitem faturas

1 min

Quem precisa de fatura com número de contribuinte quando compra títulos de transporte passa a poder pedir a emissão do documento com o número de contribuinte no próprio ato da compra.

A partir de agora, já é possível obter fatura, com número de contribuinte, no exato momento da compra de um título de transporte nas máquinas automáticas da rede de metro em Lisboa.

Até aqui, sempre que alguém comprasse um bilhete e quisesse uma fatura, tinha de dirigir-se a um posto de atendimento numa estação ou fazê-lo através do Portal Viva. O processo fica agora simplificado. Para pedir uma fatura com número de identificação fiscal (NIF) – vulgo, número de contribuinte - nas máquinas automáticas e nas máquinas semiautomáticas (bilheteiras) da rede de metropolitano, basta introduzir o NIF antes de proceder ao pagamento do título de transporte. A partir desse momento a fatura fica também disponível para validar posteriormente no e-fatura.

De acordo com a lei, as faturas com número de contribuinte, nome e morada só são obrigatórias para valores superiores a mil euros. Até aos 99 euros, não é obrigatório pedir fatura. No entanto, se o cliente pretender poderá introduzir apenas o NIF, sem preencher os campos do nome e morada. Nas faturas com valores entre 100 e 999 euros, é obrigatório o preenchimento do NIF, mas a inserção do nome e morada é opcional.

Esta medida vem simplificar a vida a quem necessita de faturas quando compra títulos de transporte, uma vez que já pode tratar de todos os procedimentos para emissão de fatura no próprio ato da compra, evitando filas e perdas de tempo.