Trabalho e carreira

Em que zonas do país a internet é mais rápida?

2 min

Para trabalhar à distância ou para passar umas férias remotas, mas ligado ao mundo: a internet pode ser o melhor amigo. Faça o teste e saiba a que velocidade está a navegar.

Data de publicação 2021 M08 26

Em tempos de teletrabalho, a internet é o grande aliado. Se a isso somarmos o verão e a vontade de aproveitar o país de norte a sul, mesmo que em escapadinhas de fim-de-semana, cresce a dependência deste fiel amigo. Mas a internet não tem a mesma velocidade em todo o país. A plataforma da Anacom NET.mede permite ao utilizador saber qual a velocidade da internet que está a usar.

Que regiões têm internet mais rápida?

Os 1,4 milhões de pessoas que usaram esta plataforma em 2020 permitiram esboçar um mapa do país e perceber quais as zonas em que a internet é mais e menos lenta. Segundo os dados disponíveis neste site da Anacom, os melhores valores estão nas regiões autónomas: na Madeira, a velocidade do download é de 84,8 Mbps e 50,6 Mbps de upload; nos Açores a velocidade do download é de 70,1 Mbps e 19,8 Mbps de upload. Em terceiro lugar neste ranking está a Área Metropolitana de Lisboa, com 64,4 Mbps por download e 21,8 Mbps de upload.

Pelo contrário, os piores números registam-se no Alto Alentejo (33,4 Mbps por download e 26,6 Mbps de upload), no Alto Minho (35,8 Mbps por download e 30,2 Mbps de upload) e no Algarve (38,2 Mbps por download e 19,8 Mbps de upload).

Como testar a internet que estou a usar?

Sobretudo dentro das grandes regiões, como a Beira Baixa ou o Algarve, estes números são naturalmente variáveis. Para saber qual a velocidade da internet no sítio a partir de onde lhe acede, basta ligar-se à plataforma NET.mede e seguir alguns passos para tornar o teste mais fiável: ligar-se por cabo ao router ou aproximar-se dele, parar streamings de vídeos, música ou download de ficheiros e desligar outros equipamentos que possam estar ligados à internet (como o televisor, a box ou vpn).

Este exame vai mostrar-lhe a velocidade do download e do upload e ainda o valor da latência, ou seja, o tempo que os dados levam a sair do seu aparelho em direção a um servidor e a voltar. É um dado importante para jogos online ou videochamadas — quanto menor for este número, melhor a ligação.

No caso de fazer este teste gratuito a partir de casa, esta ferramenta pode ser importante para comparar a realidade com aquilo que contratou. Ou para perceber se a sua operadora está a limitar-lhe o acesso à internet para evitar congestionamentos.