Pergunta com resposta

No passado mês de Março, eu e a minha ex-mulher (já divorciados á data) vendemos um apartamento que era propriedade de ambos. A receita da venda do mesmo, depois de liquidarmos o que faltava da hipoteca bancária (faltava pagar 40.325,93), foi dividida em

1 min

Contexto da questão

No passado mês de Março, eu e a minha ex-mulher (já divorciados á data) vendemos um apartamento que era propriedade de ambos. A receita da venda do mesmo, depois de liquidarmos o que faltava da hipoteca bancária (faltava pagar 40.325,93), foi dividida em partes iguais entre os dois. O apartamento custou-nos no ano 2005 a quantia de 88.611,05 euros e foi vendido agora por 75.000,00 euros; calculo que não haja lugar a mais valias tributáveis. A minha dúvida é a seguinte: Que anexo tenho de preencher; o G, o G1 ou ambos? E no impresso a preencher tenho que indicar a totalidade do montante que ficou depois de liquidarmos a hipoteca (34.674,07) ou apenas a minha parte (17.337,35)? P.S. Sou trabalhador por conta de outrem, sem mais nenhum rendimento e o dinheiro da venda não foi nem vais ser, nem por mim nem por a minha ex-mulher, aplicado na compra de outro apartamento.

Resposta

No preenchimento do IRS deverá preencher o anexo G. O G1 serve apenas para compras de imoveis anteriores a 1988. As mais-valias e as menos-valias realizadas no ano anterior devem ser declaradas neste anexo, que não é individual, devendo incluir os incrementos patrimoniais recebidos por todo o agregado.