Poupar

Vale a pena apostar num carro a GPL?

6 min

Quando o preço dos combustíveis aumenta é normal fazer contas à vida e pensar em alternativas. Descubra se o GPL, sempre mais barato, pode ser uma solução para os seus problemas.

Data de publicação 2022 M03 2

A escalada de preços nos combustíveis continua, com efeitos também no custo de vários produtos do dia a dia, o que gera maior pressão no orçamento das famílias. A aposta em veículos mais ecológicos, principalmente os elétricos, é a tendência do futuro, no entanto continuam a estar fora do alcance de muitas famílias. Saiba que há uma ‘terceira via’ que por vezes nos esquecemos: os carros a GPL, cujo combustível é muito mais barato. Conheça as vantagens e desvantagens, e se compensa comprar um veículo novo com estas características ou converter o seu.

O que é o GPL e quanto custa?

O Gás de Petróleo Liquefeito (GPL) é um subproduto do petróleo e do gás natural. É um gás inflamável e inodoro que pode ser armazenado sob pressão, tornando-se líquido, como as botijas de gás para casa. Pode ser usado em veículos, no aquecimento ou em atividades industriais. Tal como os restantes combustíveis, o preço do GPL para uso automóvel varia em função do posto de abastecimento ou da região, mas é sempre inferior a um euro por litro, menos de metade do custo da gasolina ou do gasóleo.

Como funciona um carro a GPL?

Num automóvel o GPL está sempre associado a outro combustível - principalmente gasolina, mas pode ser a gasóleo. O motor arranca com o combustível convencional e, atingida a temperatura adequada, o GPL passa a alimentar a combustão interna. Assim, um carro a GPL tem dois tanques de combustível, um para gasolina/gasóleo e o outro para GPL, sendo a autonomia uma das vantagens que os dois tanques oferecem. O motor privilegia a utilização do GPL e o tablier do carro apresenta indicadores para o nível de ambos depósitos - além de médias de consumo e autonomia, entre outros parâmetros, se o carro for um GPL de origem. Caso o tanque de Gás de Petróleo Liquefeito fique vazio, o carro continua a circular normalmente apenas a gasolina ou gasóleo.

Um carro a GPL e gasolina consegue facilmente uma autonomia superior a 1.000 km, normalmente só possível nos carros a gasóleo mais eficientes

Quanto custa um automóvel preparado para GPL?

Nem todos os fabricantes disponibilizam veículos preparados para GPL - alguns nem fazem grande promoção desses modelos -, mas há outros que apostam muito no sistema bi-fuel e têm várias opções disponíveis, como a Dacia (quase toda a gama) ou a Renault. Os carros a GPL têm normalmente um preço acima da versão apenas a gasolina equivalente, sendo fácil recuperar a diferença, principalmente se houver uma utilização regular do carro e acesso rápido a abastecimento. O principal entrave do GPL neste momento acaba por ser a sua distribuição. Há mais de 2.800 postos de abastecimento de gasóleo ou gasolina em Portugal Continental, mas não chegam a 400 os locais com GPL, segundo as listagens da Direção Geral de Energia e Geologia.

Compensa fazer a conversão para GPL de um carro?

Esta é a questão mais importante para a maioria das pessoas que ponderam recorrer à tecnologia. E a resposta é, muito frequentemente, sim. O preço de um kit de conversão pode começar abaixo dos 1.000 euros, mas também chega a atingir 3.000 euros, dependendo do carro, pelo que convém fazer todas as contas à condução que espera fazer antes de investir. O próprio carro deve estar em boas condições, com potencial de utilização por vários anos e dezenas de milhares de quilómetros, de forma a garantir que a conversão para GPL compensa. O tanque de GPL é colocado no espaço da roda suplementar ou numa parte da bagageira.

Principais peças adicionadas num carro a GPL
Depósito de GPL com limitador de enchimento a 80%
Tubagens
Injetores de combustível
Cablagem elétrica
Válvulas de segurança
Indicador de nível de GPL
Nova centralina (unidade eletrónica de controlo do motor)

Os carros a gasóleo são mais complicados de converter, sendo o custo técnico mais elevado. A recuperação do investimento torna-se assim mais difícil de atingir, uma vez que o próprio combustível é ligeiramente mais barato do que a gasolina, bem como o consumo do motor. Mas um kit de conversão pode ou não compensar em qualquer tipo de carro, é uma questão de se informar e fazer as contas. Sendo uma atividade bastante regulada, também convém escolher uma oficina devidamente licenciada para fazer a conversão. Pode ver aqui a lista de entidades autorizadas pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) a fazer conversões para GPL.

Qual a poupança que se consegue com o GPL?

Tudo depende do consumo do motor - quanto mais potente e gastador for a gasolina, mais vai gastar também a GPL. Mas pode esperar uma poupança entre 30% e perto de 50%. É verdade que o GPL custa menos de metade da gasolina ou gasóleo, mas o consumo em litros também é ligeiramente superior ao outro combustível. Ou seja, se a gasolina gasta 6 litros por 100km, a GPL pode gastar 8 litros. Por outro lado, há sempre o gasto inicial da gasolina para o arranque do motor, e o consumo potencial caso fique sem GPL no tanque. Tudo isso somado, a redução da despesa é substancial. Veja esta comparação:

Combustível Preço por litro Despesa (50 litros)
Gasolina 95 1,81€ 90,5€
Gasóleo Simples 1,65€ 82,5€
GPL Auto 0,82€ 41€
GPL Auto + 20% consumo extra 49,2€ 49,2€

O GPL é seguro?

Longe vão os tempos do enorme autocolante azul a indicar GPL ou da proibição de estacionar este tipo de carros em todos os parques subterrâneos ou garagens. As restrições terminaram ou foram substancialmente reduzidas, o autocolante azul deu lugar a um pequeno selo verde, e a segurança, eficiência e simplicidade do sistema é cada vez mais notória. A título de exemplo, a perda de potência que era muito notada nos carros convertidos para GPL é agora praticamente inexistente. E em termos de emissões poluentes, os veículos que usam GPL libertam menos gases nocivos do que os veículos exclusivamente a gasóleo ou gasolina.

Ao GPL é adicionado um químico à base de enxofre para que se possa sentir o odor do gás em caso de fuga. Mas o tanque e as tubagens têm vários mecanismos de segurança

Não há burocracia a tratar?

A conversão de um automóvel para utilização de GPL implica mudanças importantes que devem ser registadas no Livrete. Na maioria dos casos a empresa responsável pela transformação do carro trata dessa papelada, ou pelo menos pode entrar na negociação. Seja como for, é depois da conversão que tudo se processa. Primeiro o carro vai a uma inspeção extraordinária da categoria B. Sendo aprovado, esse centro emite um certificado (Modelo 113) que deve ser apresentado ao IMT, junto com o formulário Modelo 9 IMT, um certificado de instalação do sistema GPL, a documentação atual do carro e do seu proprietário. Se tudo estiver correto, o IMT lança um novo certificado de matrícula para aquele veículo.

Neste parágrafo, e não no título é apenas para fazer menção, têm de adicionar link que justifiquem o que dizem.

Vantagens e desvantagens dos carros a GPL
+      Combustível mais barato -       Poucos postos de abastecimento (menos de 400)
+      Menos desgaste do motor e custos de manutenção -       Menos espaço na bagageira
+      Mais autonomia (dois tanques) -       Carro mais caro ou custo do investimento na conversão de um usado
+      Menos emissões poluentes -       Ligeira perda de potência, principalmente em carros sem turbocompressor
+      Tecnologia segura -       Ligeira perda de potência, principalmente em carros sem turbocompressor
+      Dá para comprar um carro novo ou converter um carro usado para GPL -       Alguns parques, sem a ventilação certa, impedem a entrada de carros GPL

IRS

Dúvidas ao entregar a declaração de IRS? Encontre aqui informação atualizada sobre as tabelas, reembolsos, prazos, dicas para poupar no IRS e muito mais!

Saiba como maximizar o seu reembolso de IRS

Impostos

Saiba como maximizar o seu reembolso de IRS

4 min
Os casais devem entregar o IRS em conjunto ou separado?

Impostos

Os casais devem entregar o IRS em conjunto ou separado?

2 min
Veja tudo o que pode deduzir no IRS em 2022

Impostos

Veja tudo o que pode deduzir no IRS em 2022

3 min
6 destinos inteligentes para a sua devolução do IRS

Impostos

6 destinos inteligentes para a sua devolução do IRS

7 min
Durante quanto tempo deve guardar as faturas para o IRS?

Impostos

Durante quanto tempo deve guardar as faturas para o IRS?

1 min
IRS Automático: saiba como funciona e se está abrangido

Impostos

IRS Automático: saiba como funciona e se está abrangido

3 min
IRS Jovem: a especialista responde às principais questões

Impostos

IRS Jovem: a especialista responde às principais questões

1 min