Crédito

Trabalhador a recibos verdes: como conseguir crédito?

1 min

Se é trabalhador independente e precisa de crédito, saiba como compensar o banco em relação à sua situação profissional.

Ter ou não ter crédito aprovado num banco depende de muitas variáveis. Uma delas é a capacidade financeira que garanta o pagamento das mensalidades de forma estável e contínua. É por isso que muitas vezes os trabalhadores independentes encontram mais dificuldades na hora de pedir crédito. Mas há formas de tentar contornar as dificuldades e garantir um empréstimo.

1. Ser ‘bom aluno’

Ter um bom histórico bancário, sem prestações em atraso e mapa de responsabilidades do Banco de Portugal sem nada a apontar são tudo pontos a favor da sua credibilidade junto do banco a quem pede o empréstimo.

2. Dar garantias ao banco

Compense a fragilidade aparente da sua situação profissional dando à instituição financeira algumas garantias.Uma entrada mais robusta do que o banco exige é um sinal de compromisso com a responsabilidade a assumir e uma divisão do risco com o banco.Um fiador com uma situação profissional estável e um património financeiro que garanta a cobertura em caso de incumprimento da sua parte é também uma vantagem inequívoca na hora de avaliar um processo de crédito.

3. Incluir Segundo Titular

Outra forma que permite ajudar a diminuir o risco na avaliação que os bancos fazem à situação de um trabalhador a recibos verdes é que haja um segundo titular que garanta a estabilidade do casal ou do agregado familiar. Se a sua mulher ou marido tiverem um contrato de trabalho a termo certo, a situação ficará mais equilibrada. 4. Pedir várias simulações

Lá por ter havido um banco que lhe fechou portas não significa que todos vão fazê-lo. Peça várias simulações, ao seu banco e a outros. Considere tratar do processo presencialmente. Nestas coisas, a presença, a confiança e a relação com o gestor também podem fazer a diferença.