Poupar

Tem um filho doente?

2 min

Saiba como reagir a um diagnóstico complicado e manter-se são, quando um filho está hospitalizado.

O dia em que a família recebe um diagnóstico de saúde complicado pode mudar tudo. Ninguém está, à partida, preparado para as incertezas, os medos, os tratamentos, a hospitalização de um filho. Mas testemunhos e conselhos de pais que já passaram por situações de fragilidade, mostram como é possível manter a sanidade mental mesmo nos momentos mais devastadores.

1. Procure dormir
Quando o diagnóstico chega, chegam as dúvidas. Os pais são inundados de informação: a que procuram e a que a equipa médica lhes passa. A cabeça não para e não quer parar. Dependendo do tipo de doença, os pais serão chamados a tomar decisões muito importantes no processo de hospitalização e acompanhamento dos tratamentos. Mas, para que a cabeça possa raciocinar e processar a informação, é preciso descansar, dormir e revigorar a energia para o dia seguinte.

2. Toda a ajuda é bem-vinda
A família e os amigos vão querer ajudar. Aceite. É bom para todos. Eles sentem-se úteis e próximos e – de facto – os pais podem focar-se no que é realmente importante: na recuperação e no amor ao filho, a cada minuto que passa.

3. A segunda opinião
Um diagnóstico pode não ser definitivo e conclusivo, mesmo que confie cegamente num médico ou numa equipa médica. É precisamente por isso que existe a segunda opinião médica, que está contemplada na Carta dos Direitos e Deveres do Doente.
A segunda opinião pode ajudar a dar mais informação sobre o estado da doença, mais e melhores respostas, caminhos alternativos sobre procedimentos e tratamentos. Quer isto dizer que, por mais grave que um diagnóstico possa ser e parecer, os pais devem considerar a segunda opinião. Devem explorar todas as possibilidades, perguntar tudo, questionar tudo, desafiar os médicos a procurar respostas por mais desafiantes que possam parecer. Os pais devem ser o melhor advogado de defesa dos filhos.

4. Confiança, Esperança ou Fé: tenha uma.
Chame-lhe o que quiser. Há pessoas que acreditam em si mesmas, que encontram a força e a confiança necessárias para suprir as maiores adversidades. Há outras que têm pura e simplesmente Esperança ou Fé em algo ou alguém. O mais importante é que se consiga ver para além do quadro médico e do quarto de hospital, de ver o futuro.

Direitos do Trabalhador

Entrou num novo emprego e não sabe quando vai ter direito a férias? Ou talvez esteja a passar por um processo de despedimento e desconheça os seus direitos. É importante manter-se informado e conhecer os seus direitos e deveres.

Faltas por falecimento de familiar: quantas pode dar no trabalho?

Direitos e Deveres

Faltas por falecimento de familiar: quantas pode dar no trabalho?

2 min
Despedi-me, tenho direito a subsídio de desemprego?

Trabalho e carreira

Despedi-me, tenho direito a subsídio de desemprego?

2 min
O que sabe sobre horas extraordinárias?

Trabalho e carreira

O que sabe sobre horas extraordinárias?

2 min
Faltar ao trabalho para prestar assistência ao filho? Temos solução!

Direitos e Deveres

Faltar ao trabalho para prestar assistência ao filho? Temos solução!

2 min
Consulta médica no horário de trabalho: 5 coisas que tem de saber

Direitos e Deveres

Consulta médica no horário de trabalho: 5 coisas que tem de saber

2 min
Tudo o que precisa de saber sobre baixas médicas

Trabalho e carreira

Tudo o que precisa de saber sobre baixas médicas

6 min
Devo inscrever e pagar a Segurança Social da Empregada Doméstica?

Direitos e Deveres

Devo inscrever e pagar a Segurança Social da Empregada Doméstica?

4 min