Poupar

Taxas Euribor descem para valores mínimos

1 min

A taxa que serve de referência para o crédito habitação atingiu os valores mais baixos de sempre.

A Euribor desceu, na sexta-feira passada, para os níveis mas baixos de sempre. Referência para os créditos de taxa variável para a aquisição de habitação, a taxa a três meses, já está a valores negativos desde 21 de abril de 2015, tendo agora descido para -0,313%, menos 0,001 pontos.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação e que entrou em terreno negativo pela primeira vez em 6 de novembro de 2015, fixou-se em -0,217%, menos 0,002 pontos percentuais do que na véspera, atingindo um novo mínimo de sempre.

No prazo de nove meses, a Euribor recuou para -0,136%, com novo mínimo e menos 0,001 pontos percentuais do que na véspera. A mesma tendência tem sido registada na Euribor a 12 meses, que desceu para valores abaixo de zero pela primeira vez em 5 de fevereiro deste ano. Agora, está nos -0,077%, o valor mais baixo de sempre com menos 0,002% do que na véspera.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro estão dispostos a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.