Crédito

Qual é a sua taxa de esforço?

1 min

A taxa de esforço é um dos principais parâmetros que levam um banco a decida conceder-lhe, ou não, o crédito que está a pedir.

Sabe por que razão os bancos e outras instituições financeiras pedem recibos de vencimento, comprovativos de IRS e informação sobre todos os seus encargos mensais quando solicita um crédito? Para conseguirem calcular a sua taxa de esforço, antes de decidirem se lhe concedem o crédito.

A taxa de esforço é a percentagem do rendimento total do agregado familiar destinada ao pagamento das prestações de créditos. A taxa de esforço recomendada é de 30%, sendo que, normalmente, os bancos e outras instituições financeiras não concedem crédito a clientes com uma taxa de esforço superior a 35%.

Antes de contactar um banco, deve avaliar primeiro a sua situação financeira, calculando a taxa de esforço. Veja o exemplo: um casal que receba um rendimento líquido mensal de 1.500 €, sem outros créditos contraídos, que peça um crédito à habitação em que a prestação mensal será de 800 €, ficará com uma taxa de esforço de 53%. Isto significa, na prática, que a família passará a gastar 53% do seu rendimento mensal para pagar o crédito habitação. Perante esta situação, dificilmente conseguiria o empréstimo pretendido.

Antes de pedir qualquer crédito, simule aqui a sua taxa de esforço. Além de ficar a saber com o que contar, poderá descobrir até que ponto a sua situação financeira está em risco. Se já ultrapassou os limites de endividamento razoável, tente liquidar alguns empréstimos e não contraia mais nenhum enquanto a sua Taxa de Esforço não for inferior a 40% do Rendimento Mensal Líquido.