Investimentos

Sem ideias de decoração para o Natal? Nós ajudamos

6 min

Com o Natal à porta, voltam as dúvidas sobre a decoração da casa. Temos tudo do ano passado? Queremos fazer uma coisa diferente? Vamos receber as mesmas pessoas em casa? Inspire-se nas nossas sugestões e conheça as principais tendências de 2021.

Data de publicação 2021 M12 3

A árvore de Natal que já começa a abanar, as decorações que começam a cansar ou o presépio que perdeu peças. Chega o tempo de decorar a casa e a vontade é mudar tudo, rejuvenescer a habitação - e a nossa vida - no Natal. Quer esteja nesse ponto de apostar numa decoração totalmente nova ou precise de dar apenas uns retoques, descubra algumas tendências e ideias para decorar a casa e dar-lhe um Natal bem festivo este ano.

Árvores de Natal: “tortas” e mais do que uma

A natureza dificilmente é perfeita e uma das tendências que têm vindo a crescer é mesmo a opção por pinheiros ou abetos que não sejam totalmente simétricos, ou estejam mais despidos, com poucos ramos. As árvores de Natal sem folhas - apenas ramos secos com luzes LED nas pontas - também continuam a ser muito procuradas.

Por outro lado, mesmo nas casas pequenas, cada vez mais pessoas optam por ter mais do que uma árvore de Natal. Há uma principal em destaque na sala, claro, mas os quartos também podem receber um pequeno pinheiro, ou a cozinha, onde também passamos muito tempo, até com convidados.

Escolher uma árvore de Natal artificial, que seja fácil de montar e que dure muitos anos, ou então optar anualmente por uma árvore verdadeira - que pode ser reciclada no final das festas - é outra dúvida frequente. Seja qual for a sua decisão, o abeto estilo Nordmann é um dos mais procurados e tanto pode encontrar uma réplica nas principais lojas de decoração como o verdadeiro nas especializadas em plantas e jardim. Pode ainda alugar um pinheiro bombeiro, bem português, que ajuda a prevenir incêndios e a apoiar os bombeiros.

Decore a casa com cores de natal: as clássicas, com um reforço prateado

O verde e o vermelho, bem como branco da neve, são cores que nunca passam de moda no Natal. Todas as outras podem perfeitamente ser usadas, ganhando maior relevância de tempos a tempos. Para o Natal de 2021 uma dessas cores é o prateado, com o dourado a complementar, em menor destaque.

Se é daquelas pessoas que têm enfeites de Natal de todas as cores e mais algumas, pode apostar mais na prata este ano na sua decoração de Natal. Ou então ir procurar algumas peças dessa cor, seja umas fitas, uns laços, ou umas almofadas para o sofá. Usar papel de embrulho prateado também é uma solução simples para espalhar o tom certo em casa sem um grande investimento.

Reciclar e decorar a casa: tenha um Natal sustentável

Mais do que uma tendência, a sustentabilidade vai sendo uma constante no Natal todos os anos, a bem do ambiente e do planeta. Reaproveitar papéis, tecidos, frascos ou garrafas permite criar decorações e embrulhos diferentes, evita o desperdício e a necessidade de comprar novos materiais, ajudando até a poupar nas despesas. Velas de Natal? Faça as suas e decore-as ao seu gosto.

Recorrer à natureza - apanhar folhas secas ou verdes, ramos, pinhas e outras sementes - é outra solução para decorar a casa para o Natal e criar um ambiente diferente. Um centro de mesa que combina esses materiais, por exemplo, é algo com que podemos destacar a nossa sala, ou uma coroa para pendurar à porta. Sem esquecer que os ramos de pinheiro, cedro ou eucalipto dão um ótimo aroma a toda a casa.

Procurar a nostalgia de outros tempos na sua decoração de Natal

Durante muitos anos fugimos às decorações ‘pesadas’ da família. Depois, artigos como camisolas com desenhos de Natal entraram na moda, mas essencialmente em jeito de piada, para um estilo kitsch. Agora, a nostalgia é mesmo uma das tendências do momento e toalhas de mesa muito natalícias, serviços de jantar clássicos herdados da família ou enfeites vintage para a árvore de Natal são frequentes, mesmo nas casas mais modernas e minimalistas. Rachas, falhas, remendos ou pequenos buracos também deixam de ser escondidos, são apresentados como parte da história.

Presépio  não pode faltar na sua decoração de Natal

Há quem goste de ter um presépio com montes, um rio e muito musgo debaixo das peças. E há quem não tenha o espaço ou a vontade de fazer uma coisa muito elaborada. A verdade é que o presépio é uma tradição com oito séculos - São Francisco de Assis criou o primeiro em barro, em 1223 - que podemos facilmente manter em casa.

Há presépios elaborados, com muitos elementos e inspiração de vários países, e outros que são uma peça só que basta colocar num lugar de destaque em casa. Se tiver filhos, seguramente gostam da ideia de montar o presépio e pode até deixar que coloquem um brinquedo seu como parte do cenário. Não se esqueça é que o Menino Jesus fica “escondido” até à noite de Natal, e que os Reis Magos começam a viagem longe, só chegam à gruta no dia 6 de janeiro.

Personalizar: fazer os outros sentirem-se especiais com a sua decoração de Natal

Cada vez mais pessoas fazem na cozinha alguns dos presentes que oferecem no Natal. Bolachas, compotas, chocolates ou azeite aromatizado, por exemplo. Mas não é preciso ter esses dotes culinários para surpreender a família ou os amigos, seja com um presente, seja quando os recebemos em casa para um jantar de Natal. Um embrulho original, feito para cada pessoa; um presente com o nome gravado; um apontamento individual em cada lugar à mesa - como um carrinho de brincar para aquele amigo que adora automóveis e corridas - são formas de fazer os outros sentirem-se únicos.

E por que não personalizar o calendário de Natal em casa? Os miúdos adoram procurar o número do dia para comer o pequeno chocolate escondido atrás. Mas com uma simples caixa de cartão pode fazer um calendário ainda mais excitante e colocar lá o que quiser. Um dia pode ser um chocolate, no outro uma bolachinha ou um rebuçado, ou então um pequeno brinquedo.

Se comprou uma casa recentemente ou encontrou uma casa maior para arrendar, provavelmente já colocou no lixo algumas coisas antigas de Natal e decidiu que agora precisa mesmo de uma árvore nova. Mais ou maiores divisões também significam mais espaço para decorar. Uma boa solução é um crédito pessoal Lar e Recheio. Ao pedir um financiamento para um frigorífico ou sofá para a casa nova, pode ter logo em atenção adecoração de Natal que quer, a nova árvore de Natal , os enfeites, as peças e luzes para espalhar pela casa. Na Cofidis, além de tratar tudo online, não pagar comissão de abertura e contar com uma mensalidade baixa - prazo de 24 a 84 meses para um crédito de 2.500 a 50 mil euros - não precisa de apresentar um orçamento, pode perfeitamente juntar as despesas relacionadas com a decoração de Natal, e até alguns presentes.

As semanas de Natal são cansativas, com correrias e preparativos para ter a casa pronta a receber toda a família e amigos, mas proporcionam alguns dos melhores momentos do ano para qualquer pessoa, renovam as energias para os 12 meses seguintes. Boas Festas!