Crédito

Seguro de vida do crédito habitação: mude e poupe dinheiro

1 min

Por lei, pode mudar de seguro de vida associado ao crédito à habitação em qualquer período da vigência do contrato.

Regra geral, contratar um crédito à habitação obriga a subscrever um seguro de vida. Apesar de ser possível, legalmente, trocar de seguro de vida associado ao crédito habitação, muitos clientes mantêm ambos os produtos bancários na mesma instituição, mesmo quando não é a situação mais vantajosa. Fazem-no, sobretudo, por desconhecimento ou comodismo.

A mudança do seguro de vida associado ao crédito à habitação para outra instituição é possível em qualquer período da vigência do contrato. Conheça os passos a dar:

  • Comece por verificar junto do banco se a mudança do seguro de vida levará a um agravamento do spread do crédito à habitação. Mas mesmo que tal se confirme, o agravamento pode compensar quando comparado com a poupança obtida através da mudança do seguro.
  • Respeite o tempo legal acordado para a denúncia do contrato e comunique à instituição de crédito ou seguradora a intenção de cancelar o seguro, por escrito, com 30 dias de antecedência.
  • Envie ao banco uma cópia da nova apólice de seguro. Confirme que o novo contrato possui uma cláusula beneficiária que define que, se algo acontecer ao tomador do seguro, é o banco que recebe o capital remanescente.
  • Cancele a autorização de débito direto para pagamento da apólice do seguro anterior, para que os prémios do seguro anterior não sejam debitados na sua conta.

No mínimo, vale a pena passar uns minutos a comparar várias ofertas existentes no mercado. Lembre-se que, num crédito habitação, o spread não é tudo.