Crédito

Saiba como renegociar um empréstimo

1 min

Conheça alguns dos passos que deve ter em atenção se pretender renegociar o seu crédito e pagar menos.

Data de publicação 2020 M07 23

O crescimento da taxa de desemprego tem feito com que cada vez mais famílias tenham dificuldades em pagar os seus empréstimos. Por vezes, para evitar situações de incumprimento, o caminho passa por reajustar os créditos.

O aumento do incumprimento e o risco de não conseguirem recuperar o crédito são apontados, por alguns especialistas, como as principais razões para as instituições financeiras estarem mais disponíveis para acordar novos valores com os seus clientes.

É importante perceber que certos créditos são mais fáceis de renegociar que outros.

Seja qual for o tipo de crédito, há certos pontos a considerar que o vão ajudar a ter mais sucesso:

  • Fazer as contas. Primeiro, deve-se sempre começar por uma análise rigorosa da sua situação financeira e ver onde é possível fazer mais cortes. Mostrar às instituições financeiras que se está disposto a fazer alguns sacrifícios.
     
  • Ser honesto. Esconder a verdade do seu gestor de conta não o vai ajudar e pode até colocá-lo numa situação ainda pior. E quanto pior estiver a sua situação, mais difícil é renegociar os empréstimos. Se possível, aconselhe-se com um consultor independente de empresas como a Exchange, por exemplo.
     
  • Mudar de estilo de vida. Uma renegociação dos empréstimos tem como principal objectivo garantir as despesas essenciais e cumprir com todos os seus contratos. Manter o mesmo estilo de vida pode trazer consigo graves problemas no futuro próximo, dado que o aumento do prazo do empréstimo significa também um aumento do montante total de juros a pagar.
     
  • Reduzir taxas de juro. Por fim, é importante partir para uma renegociação com o intuito de reduzir as taxas de juro em vez de aumentar o prazo de pagamento. Esta redução é mais fácil quando negociada nos créditos pessoais e nos créditos ao consumo.

Com a subida das taxas Euribor, o esforço das famílias portuguesas no pagamento das prestações poderá vir a tornar-se ainda mais complicado. Assim, o importante é analisar todas as despesas que tem e renegociar todos os créditos ou empréstimos, de forma a reduzir os encargos financeiros do orçamento familiar.


Lembre-se que o não está sempre garantido e que tentar não custa.

Crédito Consolidado

Produto Cofidis

Crédito Consolidado

Permite-lhe juntar todos os seus créditos num só, passando a ter uma mensalidade única e um só prazo de pagamento. Pode assim, simplificar a gestão dos seus créditos, dando-lhe ainda possibilidade de reduzir os seus encargos mensais.

Visitar

Dia Mundial da Poupança

Todos os dias são dias mundiais da poupança. Vamos ajudá-lo a começar a poupar, já hoje. Aqui reunimos alguns dos nossos artigos com conselhos úteis de como poupar, mesmo que comece por pequenos gestos.

10 produtos de supermercado muito bons e baratos

Poupar

10 produtos de supermercado muito bons e baratos

2 min
7 razões que o levam a gastar mais do que queria

Poupar

7 razões que o levam a gastar mais do que queria

2 min
10 Dicas para uma alimentação barata e saudável

Poupar

10 Dicas para uma alimentação barata e saudável

5 min
Truques (mesmo eficazes) para poupar combustível

Poupar

Truques (mesmo eficazes) para poupar combustível

2 min
Como fazer um orçamento familiar

Poupar

Como fazer um orçamento familiar

2 min
10 ideias para poupar nas compras de supermercado

Poupar

10 ideias para poupar nas compras de supermercado

2 min
Como criar um fundo de emergência?

Poupar

Como criar um fundo de emergência?

6 min