Poupar

Saiba como poupar no regresso às aulas

2 min

Para muitas famílias com filhos, a época de regresso às aulas é quase sempre um sinónimo de gastos acrescidos. Fique com algumas dicas para poupar e evitar gastar mais do que o necessário.

O início de um novo ano letivo implica não só a compra de livros e de material escolar, mas também algumas peças de roupa e de calçado novos. Se tem filhos de idades diferentes, veja o que pode reaproveitar de um para o outro.

Se forem de sexos diferentes, pode sempre reaproveitar vestuário unisexo como alguns casacos e calças de ganga, por exemplo. Pense, também, em colocar de lado as roupas que já deixaram de servir e aproveite para fazer trocas com outras crianças da família. Pesquise, ainda, a hipótese de vender aquilo de que não precisa numa loja especializada em vendas em segunda mão como a Kid to Kid.

Uma boa forma de perceber ao certo aquilo de que precisa de comprar está em fazer uma lista para cada criança, que inclua tudo o que venha a ser necessário. Fazer uma lista e segui-la à risca no momento de ir às compras é uma forma de evitar gastar mais do que aquilo que é necessário.

Em relação ao material escolar, organize tudo o que possa ser reaproveitado do ano anterior: mochila, lápis, canetas, estojo. Inclua na lista apenas itens que não pode reaproveitar e materiais que sejam necessários para o novo ano, como livros ou outro material mais específico. Exemplos: aguarelas, compassos ou transferidor.

Evite comprar tudo no mesmo dia. Esteja atento às promoções. As grandes superfícies costumam oferecer descontos interessantes neste época do ano e vá comprando aos poucos. Se, no ano passado, comprou um mochila e, este ano, ela está inutilizada, pense em investir um pouco mais. Compre uma mais resistente, para que dure no mínimo dois anos letivos.

Não se esqueça de pedir fatura de todo o material escolar que comprar com o número de contribuinte dos seus filhos. Se o fizer, estará a evitar problemas futuros com o preenchimento do IRS e terá a certeza de que as despesas com educação serão corretamente deduzidas no imposto a pagar. As compras de material escolar em grandes superfícies devem constar de uma fatura à parte das restantes compras que fizer.

Para poupar nos livros escolares, faça alguma pesquisa. Procure livros em segunda mão em sites como o OLX ou o CustoJusto e pergunte também a familiares ou vizinhos se têm manuais em bom estado que possam ser reutilizados pelos seus filhos.