Dinheiro

Sabe todas as contas bancárias que tem em seu nome?

4 min

Conheça a Base de Dados de Contas, uma ferramenta online do Banco de Portugal que lhe revela todas as contas que tem em seu nome, mesmo aquelas das quais já se esqueceu.

Se lhe perguntarem quantas contas bancárias tem, sabe responder com toda a certeza? Se não, não se preocupe, porque é normal. Ao longo da vida surgem sucessivas solicitações que implicam a abertura de uma conta bancária, levando à possibilidade de perdermos o controlo sobre as contas que temos ativas no nosso nome.

Lembra-se do cartão estudante que teve durante a universidade porque oferecia vantagens para universitários? Do cartão daquela loja onde uma vez comprou um computador a prestações? E daquele cartão que recebeu na sequência de uma abordagem num centro comercial? Já para não falar naquela conta que tem desde criança, mas que está zeros porque usou todas as poupanças nas despesas de compra de casa. Não é difícil ter meia dúzia de contas abertas sem que se tenha noção disso, sobretudo se essas contas não acarretam custos de manutenção.

Com o passar do tempo, as contas que usamos pouco ou nada podem cair no esquecimento, mas continuam a existir. A boa notícia é que poderá ter acesso à lista de contas que tem em seu nome através de uma ferramenta online disponibilizada pelo Banco de Portugal, que o vai ajudar a reavivar a memória.

Para aceder a esta base de dados, precisa apenas do cartão de cidadão - se tiver à mão um leitor de cartões -, ou dos dados de acesso ao Portal das Finanças. Essa ferramenta chama-se Base de Dados de Contas e está disponível desde 2015 no site do Banco de Portugal. Explicamos-lhe como funciona, em sete pontos.

 

1. Que tipo de informação vai encontrar?

Após inserir os seus dados, será descarregado um documento PDF onde irá encontrar um histórico completo das suas contas de depósito, de pagamentos, de crédito e de instrumentos financeiros.

A informação está dividida por instituições bancárias. Dentro de cada uma, encontrará todos os números de conta, as características da conta (conta à ordem, de investimentos financeiros, conta de crédito), a data de abertura e encerramento (se for o caso) e ainda a sua posição em relação à titularidade da conta. Poderá optar por visualizar apenas ou ficheiro ou então guardá-lo.

2. Quem fornece a informação disponibilizada?

A informação prestada é da responsabilidade das entidades que a tenham comunicado ao Banco de Portugal, cabendo exclusivamente a estas proceder à sua alteração ou retificação.

3. Pode consultar a Base de Dados de Contas sem ser através da Internet?

Sim. O pedido de consulta à Base de Dados de Contas pode também ser apresentado em qualquer posto de atendimento ao público do Banco de Portugal, pelo titular dos dados ou por quem tenha poderes para o representar. Pode ainda enviar o seu pedido por correio, mediante o envio deste formulário devidamente preenchido e acompanhado de cópias certificadas dos documentos de identificação civil e fiscal, para a seguinte morada: Banco de Portugal - Agência de Braga. Pç. República, n.º 1. 4710-305 Braga

4. Uma pessoa coletiva também pode ter acesso à Base de Dados de Contas? Sim. Nesse caso, o pedido de consulta só será válido se for apresentado pela pessoa ou pessoas singulares que detenham poderes suficientes, que terão de ser comprovados por certidão do contrato de sociedade atualizado – se dela constarem a identificação e os poderes das pessoas em causa –, ou por certidão válida do registo comercial ou ainda pela entrega do código de acesso à certidão permanente.5. E os herdeiros?

Os herdeiros também podem consultar a informação sobre ativos financeiros de titulares falecidos mediante consulta à Base de Dados de Contas. Neste caso, é necessário que apresentem os documentos de identificação, a escritura de habilitação de herdeiros em que consta a qualidade (herdeiro) invocada pelo requerente e os documentos de identificação do titular dos dados (falecido).

6. O que fazer se encontrar informação incorreta?

O Banco de Portugal recomenda que, se detetar alguma falha, contacte o banco que terá reportado a informação. Deverá ser esta entidade a esclarecer as suas dúvidas ou a proceder a eventuais retificações.

Em alternativa, pode dirigir-se aos postos de atendimento do Banco de Portugal. Os respetivos contactos e localização podem ser obtidos no sítio do Banco de Portugal na Internet e no Portal do Cliente Bancário (selecionar a opção "Contactos" na parte inferior da página) ou através do número de telefone 707 201 40.

7. Por fim, não se esqueça de encerrar a sessão

É muito importante que feche a sessão, após a consulta da Base de Dados de Contas, sobretudo se não estiver a utilizar o computador pessoal. Tenha também em conta que o ficheiro PDF poderá ficar guardado na pasta de ficheiros temporários da internet ou na pasta das descargas. Consulte essas pastas e apague o ficheiro descarregado.

Consulte esta base de dados e ficará, provavelmente, surpreendido. Com sorte, ainda descobre uma pequena e antiga poupança esquecida e tem uma agradável surpresa. Nunca se sabe.