Poupar

Sabe cozinhar? Aprenda 7 dicas que o farão poupar

2 min

Saber cozinhar pode proporcionar poupanças mas, também, uma alimentação mais variada e saudável. E não é tão difícil como parece.

Cozinhar é uma das coisas mais úteis que pode aprender a fazer. Para além de poder preparar refeições mais apetitosas e saudáveis, cozinhar as suas próprias refeições também lhe permite poupar em alimentação. Aprenda sete dicas que o farão poupar.

1. Arranje a carne. Não precisa de aprender a desmanchar um porco ou outro animal de grande porte, mas saber como arranjar determinados pedaços de carne é muito útil e permite grandes poupanças. Aparar bifes, por exemplo, permite utilizar as partes menos nobres para preparar um empadão. O mesmo pode fazer com o frango e usar os pedaços mais pequenos para fazer uma canja.

2. Planeie as refeições. Saber cozinhar permite-lhe planear as refeições e, também, comprar os alimentos de que precisa para as preparar. Este planeamento, que pode ser feito semanalmente, deve prever os almoços (se almoça em casa, ou se tem por hábito levar o almoço para o trabalho), os jantares, mas também os pequenos-almoços da família. 

3. Aprenda a fazer cortes com faca. Para além de saber descascar legumes e fruta deve, também, aprender a cortá-los de forma a evitar o desperdício. Se comprar muitas cenouras de uma só vez, para evitar que se estraguem pode descascá-las e cortá-las às rodelas antes de as congelar. Pode fazer o mesmo com cebolas, pimentos, courgetes e muitos outros legumes que, depois, podem ser usados para fazer sopas, por exemplo. 

4. Como fazer bolos. Aprender a fazer bolos pode representar uma poupança de muitos euros, especialmente em alturas especiais como no Natal, Páscoa ou aniversários. Leia as receitas com atenção e comece por fazer bolos mais simples, como o bolo de iogurte.

5. Faça compotas e conservas. São duas formas de aproveitar legumes e frutas. Além de que precisa apenas de frascos de vidro, açúcar (para as compotas) e sal e vinagre (para as conservas). Quase todos os frutos dão para fazer compota seguindo a regra de um quilo de açúcar por cada meio quilo de fruta arranjada. Depois, é só levantar fervura até cozer, passar com a varinha mágica, voltar a deixar ferver e mexer sempre até engrossar. Para fazer conservas, precisa de cortar os legumes e enfrascar com uma parte de vinagre para três partes de água e acrescentar bastante sal. Deve ficar em salmoura pelo menos um mês antes de consumir.

6. Prepare molhos e caldos. Evite comprar molhos e caldos e aprenda a prepará-los. Para fazer caldo de carne, aproveite a água de cozedura do frango, por exemplo, acrescente ervas aromáticas e deixe ferver até reduzir para metade da quantidade. Para fazer molho de tomate, faça um refogado com tomate, deixe apurar e depois triture tudo. 

7. Nutrição mais equilibrada. Aprender a cozinhar também lhe permite fazer refeições nutricionalmente mais equilibradas. Cozinhar ao vapor é mais saudável. E ter sempre sopa é outra forma de resistir a comer coisas com pior perfil nutricional. O planeamento das refeições também permite comer de forma mais variada e evitar repetir pratos e alimentos.