Poupar

Reduza as suas comissões bancárias

1 min

Quer poupar nas comissões que o banco lhe cobra? Saiba onde pode encontrar os preços mais favoráveis para a sua carteira.

O negócio dos bancos é cobrar comissões aos seus clientes. A maior parte das suas receitas tem origem nestas comissões. Contudo, os clientes bancários que querem reduzir ao máximo os seus custos financeiros podem aderir às contas de serviços mínimos bancários.

Por lei, os bancos não podem cobrar mais de 5,05 euros por ano aos detentores de contas de serviços mínimos bancários. É o equivalente a 1% do salário mínimo nacional. Este preço inclui:

  • a abertura e manutenção da conta;
  • um cartão de débito;
  • a movimentação da conta através de caixas automáticos, de serviço de banca eletrónica e de balcões; e
  • operações de depósitos, levantamentos, pagamentos de bens e serviços, débitos diretos e transferências intrabancárias nacionais.

Atualmente, nove instituições financeiras oferecem conta de serviços mínimos bancários, segundo o Banco de Portugal:

Instituição financeira                             Comissão por ano

Banco BPI                                                     0,00 €

Caixa Geral de Depósitos                                0,00 €

Montepio                                                        4,64 €

Crédito Agrícola Açores                                   4,65 €

Santander Totta                                              4,66 €

Millennium bcp                                                4,80 €

Banco BIC                                                      4,84 €

Crédito Agrícola                                               4,84 €

Novo Banco                                                    4,85 €

(Fonte: Banco de Portugal. Acresce Imposto do Selo de 4%.)
 
Apenas o Banco BPI e a Caixa Geral de Depósitos isentam os detentores de contas de serviços mínimos bancários.
 
A conta de serviços mínimos bancários tem de ser a única conta bancária do titular. Por isso, se quiser aderir, terá de fechar todas as contas de que é detentor, menos a que quiser converter na conta de serviços mínimos bancários.
 
Além disso, o saldo médio da conta deve ser, no mínimo, de 25,25 euros, o equivalente a 5% do salário mínimo nacional, e o titular deve fazer pelo menos uma operação a cada seis meses.