Trabalho e carreira

Recibos verdes: o que muda em 2018?

1 min

A partir do próximo ano, vai haver novas regras para os recibos verdes. Serão afetados cerca de 10% dos profissionais liberais.

Com as alterações propostas ao Orçamento do Estado, as novas regras vão reduzir a probabilidade de muitos trabalhadores independentes virem a pagar imposto. As novidades são válidas já a partir do próximo ano. Descubra se será afetado pelas mudanças.

Novo regime simplificado

A medida só vai abranger Profissionais Liberais (como médicos, advogados, tradutores e jornalistas) e prestadores de serviços de Alojamento Local.

Afeta quem recebe acima de 2250 euros mensais

Destes, só são afetados aqueles que ganhem mais do que 27.360 euros por ano. Para quem ganha até este limite, mantém-se o regime de dedução automática de 25% do rendimento tributável.

Deduções automáticas e justificação de despesas

Aqueles que aufiram um valor anual acima dos 27.360 euros, terão uma dedução automática de 4104 euros do rendimento (parcela que fica isenta de IRS). Têm de apresentar despesas que justifiquem 15% do rendimento, para garantir a dedução de 25% que têm atualmente.

As novas regras deverão afetar apenas 10% do universo de trabalhadores a recibos verdes.