Trabalho e carreira

Quer criar uma empresa? Conheça os 7 passos essenciais

3 min

O processo de criação de uma empresa requer alguns cuidados. Saiba aqui todos os aspetos que precisa de ter em conta.

O empreendedorismo está a ganhar cada vez mais expressão em Portugal. São muitas as pessoas que resolvem arriscar e ter o próprio negócio. O início de uma atividade nem sempre é um processo fácil, por isso, mostramos-lhe o que precisa de saber para começar com o seu negócio.

Saiba que, se pretende iniciar uma atividade por conta própria, deve ter diversos aspetos em consideração. Várias plataformas online, como o Portal da Empresa, foram criadas para ajudar os cidadãos a iniciarem o processo do empreendedorismo. Veja quais os passos a percorrer para abrir um negócio com sucesso: 

1º Passo: Planear o Negócio – Não se assuste! Os processos que aqui vamos enumerar poderão parecer inalcançáveis. Porém, pense que este é um passo essencial que permitirá diminuir os riscos e as incertezas do seu negócio, conhecendo melhor o mercado em que quer entrar e os seus futuros concorrentes. Já tem a ideia? Ainda bem! Agora precisa de avaliar a sua capacidade empreendedora, explorar casos de sucesso, elaborar um plano de negócios, fazer uma análise SWOT (sigla inglesa que se refere à identificação das Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças do negócio), bem como desenvolver uma estratégia e um plano de marketing, tal como enuncia o Portal da Empresa, em colaboração com o Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI). Nesta página, encontrará tudo o que precisa para ultrapassar esta etapa com sucesso. 

2º Passo: Escolher a forma jurídica da empresa – É aqui que terá de tomar uma das decisões mais importantes: inicio uma atividade sozinho ou em sociedade? Qual a forma jurídica a usar? O essencial neste passo é conhecer todas as implicações, como a responsabilidade dos sócios em caso de dívida da empresa, o capital inicial a subscrever, entre outros. Para lhe facilitar este processo, existe o Balcão do Empreendedor (BdE), onde poderá simular o tipo de negócio que pretende iniciar e todas as implicações que o mesmo terá. Adicionalmente, nesta página do IAPMEI poderá conhecer especificamente todos os pormenores de cada forma jurídica.

3º Passo: Apoio financeiro – Nem todos têm a vantagem de possuir liquidez própria para iniciar a sua empresa. Por isso, muitas vezes este é um dos principais obstáculos à concretização de ideias que poderão ser vencedoras. Saiba que, nesta página do Portal da Empresa, poderá encontrar, de forma clara, várias soluções para obter o crédito pretendido. 

4º Passo: Constituir a empresa – Está na hora de a sua ideia começar a ganhar forma. Criar a sua empresa é um passo indispensável e no qual terá de ter muita atenção. No site Empresa Online, tem a possibilidade de constituir uma sociedade por quotas, unipessoal ou anónima, através da internet. Porém, existe o Empresa na Hora, que lhe permite efetuar este processo em menos de uma hora, através de um dos balcões de atendimento do país, nos Espaços Empresa, ou nas Conservatórias de Registo Comercial.

5º Passo: Escolher a Sede da empresa – Esta é uma etapa fundamental. Aqui, terá duas opções: arrendar um espaço e construir ou fazer obras num já existente. O Portal da Empresa explica-lhe também todos os cuidados a ter neste processo, bem como as implicações legais que enfrentará. Fique já a saber que, se a sua opção passa por arrendar um espaço comercial, este terá de seguir as regras estabelecidas para os espaços não habitacionais, no Novo Regime do Arrendamento Urbano, que impõe diversas formalidades necessárias para a celebração do contrato.

6º Passo: Iniciar a atividade – Este é o passo por que tanto esperou. Provavelmente já estará mais tranquilo, mas saiba que os últimos pormenores são essenciais. “O que tenho que fazer? Onde devo dirigir-me? Que documentos devo apresentar? Quanto vai custar? Quanto tempo vai demorar?” Tal como define o Portal da Empresa, estas são algumas das questões que poderá enfrentar. Porém, saiba que, através da simulação, já referida anteriormente, no Balcão do Empreendedor, poderá responder a todas estas questões e, assim, definir todos os últimos pormenores para poder arrancar com o negócio com que tanto sonhou.

 

Artigos relacionados: