Direitos e Deveres

O que fazer ao eletrodoméstico velho? Não ponha na rua.

1 min

Tem um eletrodoméstico velho e não sabe onde deixá-lo? Tem várias alternativas mesmo que não pretenda comprar um novo. Saiba quais.

Data de publicação 2020 M02 21

Se tiver a tentação de deixar o eletrodoméstico velho ao lado do contentor do lixo ou da reciclagem, resista. Não faça isso. Está a prejudicar o ambiente e arrisca-se a pagar uma multa elevada. Veja o que pode fazer.

1) Troque o eletrodoméstico velho na compra de um novo

Desde 2005 que os distribuidores - lojas, hipermercados - são obrigados, por lei, a recolher o equipamento antigo na compra de um novo. Estas entidades são responsáveis por encaminhar os Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) para centros de recolha onde depois podem ser reaproveitados e distribuídos a populações carenciadas ou encaminhados para reciclagem. Se for um eletrodoméstico grande, como um frigorífico, que não consiga transportar, pode pedir à loja que faça a recolha e não deverá ser cobrado qualquer valor por isso.

2) Entregue-o num local próprio

Deixar ao lado do contentor do lixo ou do ecoponto pode representar uma multa acima dos 3.000€. Além de estar a prejudicar o ambiente. Por isso, pode:

  • Pôr os eletrodomésticos pequenos - como varinha mágica, torradeira, telemóvel, rádio - num Ponto Electrão. Existem por todo o país e encontra-os em algumas superfícies comerciais (veja aqui)
  • Levar os eletrodomésticos grandes, de forma gratuita, a um dos centros de receção de REEE 
  • Entregar numa Corporação de Bombeiros no âmbito da iniciativa Quartel Eletrão (contacte o da sua zona de residência)
  • Pedir aos serviços da sua Junta de Freguesia ou Câmara Municipal que recolha

3) Dê-lhe uma nova vida

Se o aparelho ainda estiver a funcionar, pode doá-lo a uma instituição de solidariedade social. A Entrajuda tem um banco de equipamentos que reencaminha para os mais carenciados.

Recibos Verdes e Trabalhadores Independentes

Para saber como funcionam os recibos verdes, quais as suas novas regras, ou todas as características de um regime de trabalhador independente, consulte os artigos desta página.

Está a trabalhar a recibos verdes? Conheça os seus direitos

Impostos

Está a trabalhar a recibos verdes? Conheça os seus direitos

2 min
Vantagens e desvantagens do regime simplificado e contabilidade organizada

Impostos

Vantagens e desvantagens do regime simplificado e contabilidade organizada

2 min
O IVA nos recibos verdes

Impostos

O IVA nos recibos verdes

4 min
Segurança Social de Trabalhadores Independentes: contribuições e isenções

Impostos

Segurança Social de Trabalhadores Independentes: contribuições e isenções

1 min
Trabalhador a recibos verdes: como conseguir crédito?

Crédito

Trabalhador a recibos verdes: como conseguir crédito?

1 min