Poupar

O que comprar até ao final do ano

2 min

O último trimestre é bom para fazer compras? Sim, mas não em todos os produtos ou serviços. Saiba quatro áreas em que pode valer a pena tomar decisões de consumo.

1. Carros

O Salão de Frankfurt, que decorre em setembro, é o grande evento em que a indústria automóvel apresenta as novidades. Desde novos modelos à atualização daqueles que já estão no mercado, há surpresas para todos os gostos. Os consumidores mais sensíveis ao último grito da tecnologia automóvel talvez estejam dispostos a esperar algum tempo até que os carros apresentados na cidade alemã surjam nos "stands". O mais provável é que tenham de desembolsar mais alguma dinheiro para satisfazerem o capricho. Quanto aos consumidores que querem a melhor relação entre o preço e a qualidade e que dispensam o atrativo da novidade, farão bem em estar atentos às promoções que as marcas fazem para "despacharem" os modelos que vão desaparecer ou, simplesmente, ficar desatualizados. É certo que, a partir de setembro e durante o último trimestre do ano, haverá oportunidades para comprar um veículo novo e poupar algum dinheiro.

2. Roupa de Outono

Para comprar roupa de verão barata, convém aproveitar os saldos que decorrem em agosto. Os estabelecimentos comerciais apostam em descontos consideráveis para limparem os "stocks" existentes, antes de chegar a nova coleção. Mas, embora com descontos menores, que podem ir até 20%, o mês de setembro é ideal para renovar o guarda roupa de outono. As lojas introduzem no mercado as coleções destinadas ao uso durante a estação do ano que começa em setembro e um pouco de atenção e paciência podem proporcionar roupa nova, ajustada à moda da nova época e, ainda por cima, comprada a preços mais favoráveis do que aqueles que vão ser praticados nos meses seguintes.

3. Material escolar

É verdade que, por esta altura. os alunos regressaram às aulas e que muitos pais já se abasteceram do material escolar de que os filhos vao precisar durante o novo ano letivo. Mas uma visita a grandes superfícies comerciais testemunha que as promoções destes bens prosseguem. Desde mochilas a outros produtos, o objetivo de quem comercializa é o de desocupar espaço nos armazéns e vender. Daí que as compras mais tardias se possam revelar compensadoras porque os preços estão baixos e há produtos específicos que podem ser alvo de cortes importantes nos respetivos preços.

4. Passagens aéreas

Na aquisição de passagens aéreas, um dos princípios essenciais para quem as pretenda apanhar a preços mais simpáticos está em tomar decisões e comprar com antecedência. Há especialistas no setor que garantem que uma antecedência de oito semanas é o prazo ideal para voar a um custo mais reduzido. Sendo assim, se está a planear fazer uma viagem por altura do Natal ou da Passagem de Ano, trate já de consultar os "sites" que comercializam bilhetes de avião e de comparar as tarifas cobradas para os destinos que lhe interessam. De certeza que pagará menos agora do que se adiar a compra para mais tarde.