Crédito

Para pedir um crédito preciso da declaração do IRS?

2 min

Quais são os documentos importantes na altura de pedir um crédito consolidado? A declaração de IRS é um deles? O Conta Connosco explica-lhe tudo.

Data de publicação 2021 M04 23

 Para pedir um crédito preciso da declaração do IRS?

Há documentos importantes na altura de pedir um crédito consolidado, mas a declaração de IRS é um deles? Saiba o que é preciso para consolidar os seus créditos e simplificar a sua vida.

Um dos documentos que geram mais dúvidas, quando se faz um pedido de crédito, é a declaração IRS, principalmente quando o IRS do ano anterior pouco tem a ver com a situação atual de quem pretende pedir um crédito. Mas é necessário enviar a declaração de IRS para pedir um crédito consolidado? Vamos esclarecer. 

 Que documentos são necessários para pedir crédito? 

Os principais documentos que qualquer pessoa deve apresentar para pedir crédito referem-se à identificação e residência, aos créditos existentes, e aos dados bancários. Assim, na altura de consolidar os seus créditos deve entregar:

  • Comprovativo de identificação do 1.º e 2.º titulares (Cartão de Cidadão; Bilhete de Identidade e Cartão de Contribuinte; ou Autorização de Residência no caso de estrangeiros);
  • Comprovativo de morada de um dos titulares (pode ser a fatura de um serviço como água ou energia);
  • Comprovativo de IBAN de um dos titulares (cópia do cartão bancário + talão de multibanco com o IBAN, ou então comprovativo impresso através do site do banco)
  • Comprovativo de dívida de cada crédito a consolidar, onde conste:
    • Nome da instituição financeira;
    • Nome do titular de crédito;
    • Número de contrato/cartão;
    • Valor total em dívida e data de emissão.

 Então quando é preciso a declaração de IRS? 

Além dos documentos acima referidos, para pedir um crédito consolidado é necessário fazer a demonstração de rendimentos, e a documentação varia em função da situação profissional e do valor global do crédito a consolidar:

  • Trabalhadores por conta de outrem devem apresentar o último recibo de vencimento para créditos até 6.650€; e os últimos três recibos no caso de créditos acima dos 6.650€;
  • Trabalhadores por conta própria ou sócios-gerentes têm de entregar o modelo 3 da última declaração de IRS;
  • Reformados devem de apresentar o último comprovativo de reforma.

Portanto, só os trabalhadores independentes e os sócios-gerentes ou empresários em nome individual precisam de apresentar a declaração de IRS quando pretendem pedir crédito consolidado. Algumas instituições financeiras exigem essa declaração para todos os pedidos, mas no caso da Cofidis isso não acontece. Todos os pedidos de crédito são feitos e tratados à distância, com menos documentação, menos burocracia e mais rapidez no processo.

Se tem várias mensalidades de dívidas a cargo, um crédito consolidado ajuda a gerir o seu dia-a-dia - ao serem englobadas numa só entidade, com uma mensalidade e prazo de pagamento apenas. E permite até baixar o valor a pagar por mês, o que pode ser um alívio em alturas mais complicadas do ponto de vista financeiro, ou então uma folga orçamental para outras despesas ou para um novo projeto.