Investimentos

Grandes ideias para decorar casas pequenas

7 min

Com criatividade e sentido prático, uma casa ou apartamento pequeno torna-se um espaço versátil e acolhedor, uma caixinha de surpresas. Veja estas 11 dicas para decorar casas pequenas e faça de um estúdio ou T1 um autêntico palácio.

Data de publicação 2021 M09 28

Viver numa casa grande, cheia de quartos e salas, é um sonho que a maioria das pessoas tem. Mas a oferta e os preços disponíveis no mercado imobiliário, bem como a vontade de estar mais perto do centro da cidade, do emprego ou da escola, levam a que muitas famílias optem por casas mais pequenas e acessíveis. É preciso ter a inspiração certa e algum planeamento, mas há soluções para “multiplicar” a área da casa. Explore estas ideias para decorar casas pequenas.

1. Liberte o chão

Se o problema são metros quadrados, tente deixar o máximo de espaço de circulação quando decora a casa. Aposte em prateleiras em vez de móveis volumosos; evite candeeiros de chão ou objetos que sejam apenas decorativos; escolha estantes ou armários com espaço livre em baixo que possa ser aproveitado de vez em quando para guardar alguma coisa.

2. Seja minimalista a decorar a casa

Não se trata de eliminar tudo o que sejam objetos de decoração de casa, mas se o espaço não abunda, os bibelôs em mesas e tampos de armários não são prioridade. Dê espaço às coisas que de facto precisa de ter à mão. Tem uma coleção que gosta de deixar à vista? Tente criar uma prateleira longa, junto ao teto, para mostrar os seus tesouros sem ocupar espaço e sem os colocar em risco.

3. Portas de correr ou cortinas para poupar espaço

Se medir todas as portas da sua casa, chega à conclusão de que é enorme a área que tem de deixar totalmente livre para abrirem e fecharem. Opte por portas deslizantes, de fole ou mesmo cortinas para separar determinadas áreas, rentabilizando o espaço e dando mais luz a zonas que não têm de estar sempre fechadas. Uma estante aberta de ambos os lados ou uma parede improvisada de tijolos também fazem uma separação simples entre áreas distintas de uma sala, sem necessidade de obras ou um grande investimento.

4. Decore a casa com móveis feitos à medida, maior versatilidade

Numa casa pequena é mais difícil projetar os móveis, encontrar as soluções, design e medidas que melhor se adequem a uma divisão com 10 m2 ou menos. Neste âmbito, investir em móveis feitos à medida para uma divisão como a sala/quarto, por exemplo, pode compensar bastante o dinheiro a mais necessário. Desde mesas ‘escondidas’ na parede a uma mezanine improvisada que pode ser quarto ou uma pequena sala de estar; desde uma cama mais elevada com gavetas e prateleiras em baixo a todo um quarto ‘construído’ numa sala open space, com armários ou estantes do lado de fora.

Se as ideias para decorar a casa existem e o seu resultado é garantido, escolher um crédito pessoal Lar & Recheio pode ser uma boa solução. No caso da Cofidis, o financiamento varia entre 2.500 e 50 mil euros e pode ser conseguido sem sair de casa, com adesão 100% digital. Seja qual for o valor necessário, um bom projeto, durável, para rentabilizar o espaço de uma casa, pode facilmente fazer subir na mesma medida - ou até mais - o valor de mercado da mesma, transformando o custo num investimento para o futuro.

5. Compre móveis que se dobram e que possa mover

Mesmo que não queira ou não precise de um trabalho personalizado para armários ou bancadas, há peças que pode encontrar que ajudam a rentabilizar o espaço. Em casa as divisões não estão sempre todas a ser usadas ao mesmo tempo, o que é uma oportunidade numa habitação de pequenas dimensões. Se um bom sofá-cama pode ser as duas coisas num pequeno estúdio, uma cama que se esconde na parede liberta espaço para o escritório, uma simples mesa desdobrável para pousar o portátil. E uma mesa extensível também serve de espaço de trabalho a maior parte do tempo, sendo alargada para servir refeições a mais pessoas. Além da versatilidade dos móveis dobráveis, escolha peças com rodas, que possam ser encostadas ou mudadas de sítio, consoante a sua utilização.

6. Uma bicicleta decora a casa? Claro!

O teto e as paredes são os seus melhores amigos para a decoração da casa quando a área é pequena. Se o seu T1 não tem arrecadação, mas a bicicleta ou trotineta não pode ficar na rua, faça dela um elemento decorativo, com um guindaste que a suspende do teto num equilíbrio perfeito ou um suporte numa parede. Pode até criar uma prateleira que permita suportar a bicicleta e usar o restante espaço para o capacete e outros acessórios, ou para livros, porque não. As cadeiras que não dispensa para os jantares com amigos, mas que ocupam muito espaço no resto dos dias, também podem ser penduradas na parede e ser usadas como prateleiras ou suportes para flores.

7. Aposte numa decoração de casa simples: Use luzes, um bom tapete e peças de impacto

Ter pouco espaço e ser minimalista não significa que a sua casa tem de estar vazia e aborrecida. Aposte na iluminação, para criar diferentes ambientes e recantos, e escolha um candeeiro de teto que centre as atenções. Em vez de encher as paredes com pequenas fotografias ou quadros, escolha grandes formatos, mas em menor quantidade. Use e abuse de espelhos ou superfícies espelhadas, que dão novos pontos de vista, detalhes e a sensação de maior dimensão. A sala tem só 15 m2? Isso não é razão para não escolher um tapete grande, de impacto, que até ajuda a delimitar uma parte da divisão - seja debaixo da mesa de jantar ou na zona junto ao sofá e à mesinha de apoio.

8. Aproveite desníveis, uniformize o chão

Qualquer degrau ou pequeno ressalto é uma oportunidade para fazer uma divisão de espaços, uma transição física entre zonas. Pode mesmo ‘prolongar’ um degrau que já exista junto a uma janela, por exemplo, e criar um chão falso, com gavetas e alçapões de arrumação. Por outro lado, numa casa em que o piso está todo ao mesmo nível e as várias divisões se avistam de qualquer lado, escolher o mesmo revestimento para o chão ajuda a aumentar a sensação de espaço. Assim, as zonas de transição prolongam-se de uma divisão para a seguinte.

9. Integre bem os eletrodomésticos

Por vezes, tentar decorar a casa de forma simples evolui para algo mais, quando percebemos que umas obras podem ajudar. E se há necessidade de comprar eletrodomésticos, o melhor é introduzi-los na equação. Máquinas ou frigorífico de encastrar ficam melhor integrados na decoração da casa e podem até beneficiar a utilização do espaço. Neste aspeto, um crédito pessoal Lar e Recheio, , adapta-se bem a essas decisões de última hora que obrigam a novos custos.

10. Uma casa pequena merece uma sala ampla

Encher uma divisão de armários e estantes e preencher as paredes com sofás e cadeiras, para libertar espaço ao centro, acaba por ter o efeito contrário, passa logo a mensagem de tamanho reduzido. O melhor mesmo é retirar uma mesinha de apoio ou algumas cadeiras que não tenham uma utilização regular, fazer uma triagem aos objetos de decoração da casa, e afastar o sofá da parede. A possibilidade de circular atrás do sofá traz maiores ganhos ao espaço e à ‘respiração’ da sala do que os 40 cm que teria a mais ao centro.

11. Esconda as maçanetas… ou até as portas

Os puxadores e maçanetas são objetos necessários, mas que podem ser incómodos em corredores ou divisões apertadas. Escolha puxadores ou maçanetas que estejam totalmente escondidos ou com partes metálicas menos saídas. Também pode ‘eliminar’ o trinco e a necessidade de maçanetas, apostando num sistema de ímanes para as manter fechadas. E no limite, as portas que não sejam mesmo necessárias podem perfeitamente ser retiradas para facilitar a circulação. São antigas e giras? Não gostaria de as deitar fora? Use-as como mesa ou secretária, em cima de cavaletes; como painel de parede com ganchos para pendurar casacos; ou até como cabeceira rústica de cama.

Muitas pessoas acham que não estão preparadas para viver em casas pequenas, e para famílias com vários filhos é de facto difícil adaptar pessoas e necessidades diferentes a uma área reduzida. Mas com bom planeamento conseguem-se verdadeiros ‘milagres’ de aproveitamento do espaço e uma decoração de casas pequenas bastante moderna