Poupar

Fazer compras online mais seguras

2 min

Para que o barato não saia caro, siga estes conselhos na hora de fazer compras à distância. As fraudes não acontecem só com os outros.

Apesar de haver muitos sites fidedignos, quem faz compras através da internet arrisca-se, muitas vezes, a ver as suas expectativas defraudadas. Ou são os artigos que não correspondem às fotografias, ou o custo final (com os portes e a conversão) que sai mais elevado do que o esperado, ou então a encomenda que vai parar à alfândega - apesar de ter feito a compra num site europeu - obrigando a esperar e a pagar ainda mais para obter o artigo. Acrescem os riscos de ver os dados pessoais, o número do cartão de crédito ou conta bancária serem usados de forma fraudulenta, ou até mesmo de nunca chegar a receber o bem que compra. Não acontece só aos outros. Por isso, tenha sempre presentes estes 5 cuidados:

1. Confirme a identidade do vendedor. Os sites credíveis contêm a identificação do vendedor, endereço físico, número de telefone e email. Desconfie de sites que não fornecem elementos fidedignos, bem como informações sobre a política de privacidade e de segurança.

2. Cuidado com os custos de desalfandegamento. Compras acima dos 22 euros efetuadas fora do Espaço Económico Europeu poderão ter de pagar IVA, taxas e direitos aduaneiros, no momento de desalfandegar a encomenda. Estes custos podem acrescentar em média 30% ao que pagou pelo bem. Pense bem se vale a pena.

3. Garanta uma forma de pagamento segura. As páginas consideradas seguras têm o símbolo de um cadeado e a indicação https:// em vez de http://. Isto é um certificado de segurança que garante que os dados enviados pelo computador são encriptados (codificados). Se possível, opte por pagar através de referência multibanco ou contra entrega. É mais seguro do que dar os dados do cartão de crédito.

4. Guarde toda a documentação relativa à compra para o caso de ser necessário trocar ou devolver o objeto que comprou, pedir assistência pós-venda ou acionar a garantia.

5. Compre com tempo. Este é um cuidado que deve ter especialmente em épocas festivas, como o Natal, e no caso da compra ser um presente. Isto para prevenir eventuais atrasos na entrega da encomenda.

Lembramos que os prazos para devoluções e reembolsos são 14 dias seguidos, a contar a partir do dia em que recebe a compra. Neste prazo, pode desistir da compra sem ter de dar qualquer tipo de justificação.

E, já agora, compare os preços antes de comprar. Procure o mesmo artigo em vários sites ou utilize um site que permita comprar preços. O kuantokusta é um dos mais utilizados em Portugal. Boas compras.