Direitos e Deveres

Estou aqui: para que os mais pequenos e os maiores não se percam

2 min

A PSP tem um programa destinado a evitar que crianças ou adultos em situação vulnerável se percam. Chama-se ‘Estou Aqui’ e é gratuito. Saiba como aderir.

Data de publicação 2018 M08 14

O programa da PSP ‘Estou Aqui’ não é novo, mas é inovador. Nasceu para ajudar os pais na missão nem sempre fácil de não perderem nunca o rasto dos filhos.

Na altura do verão, faz ainda mais sentido conhecer este programa. Há estudos que mostram que uma em cada cinco famílias apanha um valente susto com os filhos durante o período de férias. Quando se juntam crianças, multidões, praia e rotinas diferentes, todos os cuidados são poucos, mas há uns que são mais eficazes do que outros. Conheça esta solução gratuita e eficaz, que existe também na versão para adultos.

PULSEIRA PARA CRIANÇAS

Como funciona?

Trata-se de uma pulseira em tecido, com um código alfanumérico e a inscrição “Call / Liga 112” e que permite dessa forma entrar rápida e facilmente em contacto com os pais de uma criança perdida.

A quem se destina?

A crianças entre os 2 e os 10 anos.

E se a criança não residir em território português?

O programa é extensível a crianças que estão de visita a Portugal. Para o efeito, os pais devem indicar o endereço do alojamento onde a família vai ficar.

Como ter acesso?

Em três simples passos.

1º - Preencher o formulário com os seus dados online.

2º - 3 a 5 dias úteis depois levantar a pulseira da Esquadra da PSP por si escolhida.

3º - Depois de registada, já pode colocar a pulseira ‘Estou Aqui’ no pulso da criança ou do adulto.

Já trocou a pulseira?

Este ano, foi lançada uma nova edição de pulseiras com o objetivo de tornar a utilização da pulseira mais confortável. Acontece que esta nova pulseira é mais fácil de desapertar e de sair do pulso das crianças e a PSP está agora a reintroduzir o modelo dos anos anteriores. Os aderentes deverão ter recebido um email para procederem à troca das pulseiras. Se é o seu caso, deve efetuar um novo registo na base de dados e recolherem a ‘nova’ pulseira em qualquer esquadra, entregando a atual.

PULSEIRA PARA ADULTOS 

O programa Estou Aqui, da PSP, foi recentemente alargado a adultos, por exemplo, doentes de Alzheimer, mas não só. O modo como funciona é em tudo semelhante à versão para crianças.

A quem se destina?

A adultos em situação vulnerável, como pessoas com Alzheimer ou outras doenças que alterem o estado de consciência, a idosos autónomos com alguma debilidade e a qualquer pessoa que, em função da idade ou de patologia, possa ficar desorientada ou inconsciente, ainda que momentaneamente, na via pública.

Qual a duração?

O programa para adultos tem uma longevidade de dois anos. Findo esse período é necessário fazer um novo registo e colocar uma nova pulseira. Atenção, a renovaçãoo deve ser feita um mês antes do prazo.

Como fazer o registo?

Deve entrar no site do Estou Aqui e selecionar a área Adultos. À semelhança do que acontece no caso da versão para crianças, o responsável ou cuidador deve dirigir-se à esquadra escolhida para levantar a pulseira e depois colocá-lo no pulso da pessoa em questão.

Quem pode fazer o registo?

A inscrição neste programa pode ser feita pelo próprio ou pela instituição/cuidador responsável.

Simples, seguro e gratuito. Para uma temporada, ou uma vida, mais feliz e mais descansada.

Recibos Verdes e Trabalhadores Independentes

Para saber como funcionam os recibos verdes, quais as suas novas regras, ou todas as características de um regime de trabalhador independente, consulte os artigos desta página.

Está a trabalhar a recibos verdes? Conheça os seus direitos

Impostos

Está a trabalhar a recibos verdes? Conheça os seus direitos

2 min
Vantagens e desvantagens do regime simplificado e contabilidade organizada

Impostos

Vantagens e desvantagens do regime simplificado e contabilidade organizada

2 min
O IVA nos recibos verdes

Impostos

O IVA nos recibos verdes

2 min
Segurança Social de Trabalhadores Independentes: contribuições e isenções

Impostos

Segurança Social de Trabalhadores Independentes: contribuições e isenções

1 min
Trabalhador a recibos verdes: como conseguir crédito?

Crédito

Trabalhador a recibos verdes: como conseguir crédito?

1 min