Direitos e Deveres

É senhorio? Conheça as suas obrigações fiscais.

1 min

Será que conhece todas as responsabilidades dos proprietários perante o Fisco? Resumimos toda a informação e partilhamo-la consigo.

Data de publicação 2018 M01 24

Ser proprietário implica cumprir com algumas obrigações fiscais ao longo do ano. Damos-lhe agora a conhecer as responsabilidades que os proprietários têm mesmo de cumprir, segundo a lei.

1. Comunicar contrato de arrendamento nas Finanças

Celebrou um novo contrato de arrendamento? Então está obrigado a comunicar o contrato ao Fisco, até ao fim do mês seguinte ao início do arrendamento. Para isso, use a declaração Modelo 2, e faça-o através na internet, no Portal das Finanças.

2. Pagar imposto de selo

O imposto de selo a pagar, corresponde a 10% do valor de um mês de renda, e é emitido pelas finanças num documento único de cobrança. Use a referência multibanco para efetuar o pagamento.

3. Recibos eletrónicos de renda

Se já celebrou contrato, agora tem de começar a emitir recibos eletrónicos de renda, no Portal das Finanças. Na prática, os senhorios devem emitir um recibo, apenas quando recebem o dinheiro da renda do inquilino. Devem também incluir, nos recibos, os montantes recebidos na altura da assinatura do contrato, como seja a caução ou os meses de renda adiantados.

4. Emissão de recibos por terceiros

Se preferir que os recibos eletrónicos sejam emitidos por uma terceira pessoa, tem essa possibilidade. Basta, para isso, que informe o Fisco, no Portal das Finanças, onde declarou o contrato, no campo “NIF do terceiro autorizado”.

5. Entrega da declaração anual de rendas

Nem todos os senhorios estão obrigados a emitir recibos eletrónicos de renda mensalmente. É o caso das pessoas com 65 anos, ou mais, ou cujas rendas não sejam superiores a 857,8 euros. Nestes casos, deve ser entregue nas Finanças, uma declaração anual dos valores recebidos, Modelo 44, até ao fim do mês de janeiro de cada ano.

6. Participar rendas

É obrigatório a todos os senhorios fazerem a participação das rendas ao Fisco anualmente, entre 1 de novembro e 15 de dezembro. É com base no valor das rendas, que depois as Finanças calculam o valor do IMI, referente ao ano seguinte.

 

Arrendamento

Habitualmente encarado como uma forma inicial, menos dispendiosa e mais despreocupada de ter uma habitação, o arrendamento tem-se tornado complicado e inatingível para a maioria dos orçamentos familiares. Esclarecemos todas as dúvidas que possam surgir.

Já conhece o Programa de Arrendamento Acessível?

Poupar

Já conhece o Programa de Arrendamento Acessível?

5 min
Rendimentos prediais: como escolher a tributação das rendas no IRS?

Impostos

Rendimentos prediais: como escolher a tributação das rendas no IRS?

1 min
Rescindir um contrato de arrendamento

Direitos e Deveres

Rescindir um contrato de arrendamento

1 min
É senhorio? Conheça as suas obrigações fiscais.

Direitos e Deveres

É senhorio? Conheça as suas obrigações fiscais.

1 min
Senhorios não vão poder proibir animais de estimação

Direitos e Deveres

Senhorios não vão poder proibir animais de estimação

3 min
Sete direitos e deveres dos senhorios

Direitos e Deveres

Sete direitos e deveres dos senhorios

2 min
Sabe como negociar rendas antigas?

Direitos e Deveres

Sabe como negociar rendas antigas?

3 min