Investimentos

Dez objetos colecionáveis que podem tonar-se valiosos

2 min

Bens de consumo que, aparentemente, não parecem ser adequados para investimento, podem acabar por proporcionar valorizações apreciáveis. Desde sapatilhas a mapas de estradas.

Fazer uma coleção pode ser um passamento divertido. Mas pode, também, constituir um investimento a longo prazo. Conheça uma lista de 10 objetos comuns que podem tonar-se valiosos.

1. Sapatilhas. Alguns pares de sapatilhas podem chegar a valer até 40 vezes mais do que o preço original. Se está a pensar comprar umas sapatilhas que sirvam mais para investir do que para calçar, procure séries especiais com um número limitado de exemplares, de marcas conhecidas como a Nike ou a Converse. Esteja especialmente atento aos modelos desenhados por personalidades conhecidas.

2. Banda desenhada. Os livros de banda desenhada tendem a valorizar-se muito, em especial as primeiras edições. Existem sites de troca, compra e venda destes livros, como o Grande Mercado ou, até, o OLXe o setor é muito ativo. Mas, se costuma comprar versões traduzidas, saiba que os exemplares que mais se valorizam são aqueles que são publicados na língua original.

3. Jogos de tabuleiro. Os jogos de tabuleiro que mais se valorizam são os mais antigos, dos anos 1950, 1960, 1970 e 1980) , especialmente os que se apresentam em boas condições e com todas as peças. Se tem algum guardado como recordação da infância, pode valer bom dinheiro.

4. Livros. Se é um leitor ávido e compra muitos livros, pode ter em casa exemplares valiosos. Não são apenas as primeiras edições muito antigas que se valorizam,mas também livros mais recentes, mas de pequenas edições (até 2.500 a 5.000 exemplares).

5. Videojogos. Os lançamentos mais recentes para as consolas com menos de dois anos não são aqueles que podem atingir cotações mais elevadas. Mas jogos de versões de consolas antigas, que já tenham saído do mercado, podem valer muito dinheiro.

6. Carrinhos de brincar. No caso dos brinquedos, quanto mais raro for o modelo, mais valioso será. E, se estiver em bom estado de conservação, melhor ainda. Uma das marcas de carrinhos de brincar em que vale a pena investir é norte-americana Hot Wheels (que pertence à Mattel). Produz várias réplicas de automóveis em séries limitadas.

7. Mapas. Ao contrário do que se possa pensar, não são apenas os mapas muito antigos que se valorizam. Com os mapas gratuitos disponíveis através do GPS, os mapas das estradas dobráveis em papel são cada vez menos comuns. Se tem algum guardado dos anos 1970, 1980 ou 1990, preserve-o como se fosse um tesouro.

8. Discos de vinil. Apesar de estarem de volta aos escaparates das lojas, os vinis de edições mais antigas e especialmente os LP (Long Play, de 33 rotações por minuto) são muito procurados pelos fãs.

9. Selos. Fazer uma coleção de selos pode ser uma boa forma de aliar diversão a um investimento a longo prazo. Apesar de a era digital ter provocado uma quebra nas comunicações postais, a maioria dos correios do mundo continua a lançar edições especiais e comemorativas que, no momento do lançamento, podem ser compradas por valores razoáveis.

10. Brinquedos da Disney ou da MacDonald's. Muitos brinquedos destas marcas são séries limitadas em número de exemplares estão no mercado durante um curto período de tempo. Faça uma pesquisa na internet e descubra quais as séries que mais procura têm no momento e pode conseguir fazer um bom investimento para o futuro.