Impostos

Despesas de natação já podem entrar no IRS

1 min

Para poder abater as despesas com a natação tem de cumprir três requisitos. Saiba quais.

É uma notícia há muito esperada para quem pratica ou tem filhos a praticar natação. A modalidade, considerada por muitos uma das mais completas e com benefícios específicos para a saúde, vai agora poder entrar nas despesas a deduzir no IRS. No entanto, nem todos os praticantes vão poder fazê-lo. O fisco passará a aceitar a natação como despesa de saúde no IRS até um limite de mil euros de dedução, mediante três condições: 1 – Quando a prática de natação é prescrita por receita médica, com finalidades preventivas, curativas ou de reabilitação.

2 – O local para a prática de natação tem um código de atividade económica (CAE) na área da saúde humana ou do comércio a retalho de produtos farmacêuticos, médicos e ortopédicos e de material ótico.

3 – A fatura é comunicada através do Portal das Finanças, o que permitirá ao fisco confirmar se a despesa é efetivamente despesa de saúde.

Se reúne estas condições, não perca tempo. Pode conseguir deduzir até mil euros no próximo IRS.