Direitos e Deveres

Cuide da sua saúde mental com budget low cost

5 min

A saúde mental deve ser uma preocupação constante, mais ainda em tempos de pandemia e confinamento. Mas por vezes os custos levam a que as consultas de psicologia sejam deixadas para segundo plano. Saiba como pedir apoio e veja algumas sugestões de consultas a preços mais acessíveis.

Data de publicação 2021 M01 20

A pandemia de Covid-19 afetou de forma complexa a vida dos portugueses, com problemas sanitários, económicos e sociais que muitas vezes acabam por interligar-se, trazendo ao de cima outras questões não menos importantes. Uma delas é a saúde mental, ameaçada por todos esses fatores, aos quais se junta o isolamento - seja forçado, por contágio ou contacto com infetados, ou pelo afastamento de familiares e amigos devido à preocupação com o vírus e às restrições impostas. Mas a atenção à saúde mental deve ser tão importante na vida das pessoas como o cuidado com a alimentação ou o exercício físico. Veja de seguida que apoio pode ter no SNS e onde consegue consultas a preços mais acessíveis ou com comparticipações.

Uma voz amiga no SNS24

Logo durante o primeiro confinamento, em 2020, a linha SNS24 lançou um serviço de aconselhamento psicológico, que permanece disponível, com mais de 60 psicólogos clínicos a garantirem o atendimento 24h por dia. Os dados mais recentes, de dezembro de 2020, indicam que esta linha específica recebeu 55 mil chamadas antes do Natal, com quase 10% dos contactos a chegarem de profissionais de saúde.

Este serviço de aconselhamento do SNS24, feito em parceria com a Ordem dos Psicólogos Portugueses e a Fundação Calouste Gulbenkian, está disponível para todas as pessoas, através do número 808 24 24 24, e tem como principais objetivos:

  • Gerir emoções como stress, ansiedade, angústia ou medo;
  • Promover a resistência psicológica;
  • Diminuir a probabilidade de problemas de saúde mental;
  • Reforçar o sentimento de segurança da população e dos profissionais de saúde;
  • Orientar para outras entidades em caso de necessidade identificada.

Paralelamente, a Direção-Geral da Saúde (DGS) também foca a saúde mental no seu site, com vários conselhos para o dia a dia, reforçando ainda que todos os direitos das pessoas nesta área estão assegurados em situação de isolamento ou confinamento. A DGS recomenda que, em caso de necessidade, seja feito um contacto para o médico de família ou para o serviço hospitalar de saúde mental da região, disponibilizando todos os contactos no site.

Consultórios, clínicas e associações são a principal solução 

Segundo a Ordem dos Psicólogos, em abril passado havia cerca de 250 destes especialistas nos centros de saúde, 2,5 por cada 100 mil habitantes, isto num país em que 23% das pessoas sofrem de perturbações de saúde mental. Nos hospitais há mais algumas centenas de psicólogos, mas as dificuldades de atendimento relacionadas com a pandemia, bem como o aumento das emergências de saúde mental direta ou indiretamente relacionadas com a Covid-19, tornam esse acesso mais difícil.

É no privado, em clínicas, consultórios, associações ou plataformas, que estão presentes a maioria dos cerca de 24 mil psicólogos que exercem em Portugal. Os preços das consultas, e a necessidade de recorrer a estas de forma mais ou menos regular, são normalmente um grande entrave para muitas pessoas, principalmente as que já estão a lidar com as consequências económicas da pandemia. 

O Contas Connosco deixa-lhe uma lista de clínicas e outras entidades que oferecem serviços de psicologia ou psiquiatria a preços mais baixos, na maior parte das vezes com a possibilidade de ter consultas por telefone ou videochamada:

WeCareOn - Plataforma online que dá acesso a consultas por chat, email, telefone, videoconferência ou presenciais, a partir de 15€. Permite ver um perfil aprofundado de todos os especialistas e conhecer a agenda para fazer a marcação.

The Pineapple Mind - É uma associação juvenil de sensibilização para a saúde mental criada em 2020. Os sócios têm acesso a consultas com descontos em três parceiros da The Pineapple Mind, com os preços a começarem nos 15€.

Psicologia Low Cost - Serviço promovido pela associação Aragens d’Empatia, com consultas de psicólogos juniores a 15€ e seniores a 30€. Serviço de atendimento presencial ou online.

Centro Ser Mais - Centro de estudos em Lisboa com consultas de psicologia vocacionadas para crianças jovens, com preços em torno de 25€ e acordo com a Medicare.

Instituto de Psicologia das Relações Humanas - IPSS criada em 1992 que disponibiliza consultas de psicologia clínica a 30€, para crianças, adolescentes ou adultos. Possibilidade de consulta por Skype.

Serviço de Consulta Psicológica - a Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, da Universidade do Porto, tem consultas de sete áreas diferentes, a partir de 32 euros. Em tempo de pandemia, privilegiam as consultas por videochamada.

Plano de Saúde Well’s - Através de uma parceria com a AdvanceCare, os utilizadores do Cartão Continente podem ter consultas por menos de 30€ em centenas de clínicas e consultórios, recebendo ainda 15% do valor gasto no cartão.

Olhar - Na Olhar - Associação pela Prevenção e Apoio à Saúde Mental, a primeira consulta custa 28€ e as seguintes 25€. Pode ser presencial ou por videochamada.

Psico Logic - Clínica com um preço fixo de 25€ para utilizadores de vários seguros de saúde e protocolos com outras entidades, como a ADSE. Tem teleconsultas e videoconsultas e oferece 30% de desconto a desempregados, reformados e pessoas com baixos rendimentos.

Serviço à Comunidade da FPUL - Na Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa as consultas, também com atendimento online, têm um preço de 40€ por cada sessão de 1h, e baixam para 30€ nos programas terapêuticos específicos ou com um número pré-definido de sessões.

Clínica Social Casa Qui - Projeto da Associação Casa Qui voltado essencialmente para a comunidade LGBTI e família. Consultas gratuitas para jovens e cujo ‘preço social’ para adultos é calculado em função dos rendimentos, variando entre 10€ e 30€.

Acima de tudo, lembre-se que não está sozinho. Fale com familiares, amigos, vizinhos e tente ocupar bem o tempo.

Compras Online

Cada vez mais portugueses optam por comprar online. Mas será que está a par de como fazer? Ou que risco pode evitar? Mostramos como fazer compras em segurança e ainda como pode poupar nas compras online.

Saiba como se proteger de uma fraude com cartões bancários

Investimentos

Saiba como se proteger de uma fraude com cartões bancários

4 min
Utilize cartões pré-pagos para gerir o orçamento

Poupar

Utilize cartões pré-pagos para gerir o orçamento

2 min
Dicas para fazer compras online

Poupar

Dicas para fazer compras online

3 min
Compras pela Internet: tem 14 dias para mudar de ideias

Direitos e Deveres

Compras pela Internet: tem 14 dias para mudar de ideias

1 min
Fazer compras online mais seguras

Poupar

Fazer compras online mais seguras

2 min
Aproveite os saldos e compre "online"

Poupar

Aproveite os saldos e compre "online"

2 min