Investimentos

Crianças: devo dar mesada ou semanada?

2 min

Os filhos crescem num instante e rapidamente querem ter o seu próprio dinheiro. Mas quando devemos começar a dar mesada? E uma semanada, é melhor? Veja as respostas neste artigo.

Data de publicação 2021 M06 1

Já diz o ditado que “de pequenino se torce o pepino”, e no que diz respeito à relação com o dinheiro, a frase aplica-se na perfeição. Ensinar desde cedo às crianças o que é o dinheiro, de onde vem, a sua importância e como devemos geri-lo é muito importante.

E como não há nada melhor do que a prática, a forma mais eficaz para ensinar as crianças a relacionarem-se com o dinheiro é através de uma semanada ou mesada, com valores adequados à idade. Mas qual é a idade certa para começar? E de quanto em quanto tempo?

Começar no ensino básico

Desde o pré-escolar que as crianças começam a ter noção do dinheiro, de que as coisas que querem têm um custo. É nessa altura que se deve dar as primeiras explicações sobre notas e moedas, preços, despesas ou salários, até porque aos olhos de uma criança uma moeda de 1€ pode dar para comprar um carro, ou então para um bolo na pastelaria é preciso uma nota de 20€. Uma boa dica é, no mercado ou no supermercado, explicar os preços das coisas, que podem ser pequenas e custar mais ou muito grandes e ser baratas.

É no ensino básico, a partir dos 6/7 anos, que por vezes é pedido que levem dinheiro para a escola. Pode ser para ir com um professor comprar um gelado no Dia da Criança ou para umas castanhas assadas no Dia de São Martinho. Portanto é também nesta idade que pode começar a dar-lhes dinheiro regularmente, explicando que podem decidir gastar rapidamente, ou então juntar mais para uma coisa que queiram ou para o futuro. O importante é que não lhes dê mais dinheiro do que o estipulado, para que aprendam a gerir os seus recursos.

Se o seu filho ainda não tem um mealheiro, ou se ainda não deixa que o abra, pode também começar a dar-lhe essa responsabilidade, para que consiga saber melhor quanto dinheiro tem.

Semanada primeiro

Quando são mais pequenos, até aos 10 ou 11 anos, poderá começar por dar-lhes uma semanada. Isso porque será mais fácil controlarem os gastos no fim-de-semana ou em 7 dias. A partir dessa idade, passe para uma mesada, porque já conseguem fazer uma gestão tendo em conta um prazo mais alargado.

Os pais devem ir ensinando as crianças a gerir o seu dinheiro, mas sem interferir nas suas escolhas. Caso a criança gaste todo o dinheiro, não deverá zangar-se, mas sim explicar-lhe as limitações do dinheiro, e que agora tem de esperar até ter mais. Cometer erros é normal e vai ensinar os seus filhos a evitarem erros maiores no futuro.

Com a mesada ou semanada está a incutir-lhes a responsabilidade de tomarem decisões sobre o seu próprio dinheiro. Aproveite também para incentivá-los a poupar, explicando que, ao guardarem uma parte desse dinheiro, poderão mais tarde comprar um brinquedo especial, roupa e ténis, visitar um sítio onde gostariam de ir… ou até para poderem comer mais gelados nas férias de verão.