Crédito

Crédito habitação com condições vantajosas para jovens

1 min

A decisão de comprar uma casa deve ser bem calculada pois representa um investimento a longo prazo. Antes de optar pela compra avalie a possibilidade de arrendamento, pois pode ser mais barato do que pedir um crédito à habitação.

Arrendar um casa é também uma boa alternativa para quem procura uma primeira casa e depois de poupar algum dinheiro para dar de entrada e assim pedir menos dinheiro ao banco. Atualmente, praticamente nenhum banco financia os imóveis a 100 por cento, a maioria propõe financiamento a 80 por cento e muito pontualmente a 90 por cento.  

Muitos bancos oferecem de crédito habitação especiais para jovens (até aos 30 ou 35 anos), com prazos mais estendidos que podem ir dos 40 aos 50 anos, permitindo que os titulares do empréstimo tenha uma idade inferior a 75 ou 80 anos no fim do contrato. Não não se esqueça que quanto mais longo for o prazo do empréstimo, mais pagará por ele.  

Para saber ao certo qual é o financiamento adequado ao seu caso, peça uma simulação em mais do que um banco. Alguns contratos oferecem a redução da prestação através da carência parcial de capital nos primeiros anos. Ou seja, as primeiras prestações têm valores muitos baixos nos primeiros anos, depois vão subindo gradualmente e podem manter-se constantes durante um período que pode ir de 8 a 10 anos. Prestações menores no início do contrato podem ser úteis, mas pense também no longo prazo. 

Independemente da sua idade, é sempre bom comprar várias modalidades de crédito à habitação: no seu caso em especial, um crédito à habitação normal pode ser uma solução mais acertada. Compare os juros e as condições de vários bancos e tente negociar. Peça toda a documentação relativa à simulação e leva-a consigo para as reuniões com outros bancos e tente obter o melhor negócio.