Dinheiro

Consegue descodificar o talão do multibanco?

2 min

Saiba como identificar todas as operações e termos descritos num talão do multibanco ou numa consulta de movimentos bancários e tenha um maior controlo sobre as suas contas.

Muitas pessoas têm o hábito de guardar os talões do multibanco, como comprovativo de um movimento ou, simplesmente, para um melhor controlo das suas contas. Mas, passado um tempo, já não sabem a que operação corresponde o movimento registado naquele talão, porque não entendem o significado das siglas que dele constam. A realidade é que, por vezes, até numa simples consulta de saldos demoramos algum tempo a descodificar o valor que temos, de facto, disponível na conta. Conhecer os termos e as siglas é a melhor forma de descodificar a informação contida num talão de multibanco ou em qualquer consulta de movimentos bancários. Leia as linhas que se seguem e evite dúvidas como “Como é que o saldo contabilístico diz que a conta está recheada e não consigo levantar essa quantia?”

Saldo Contabilístico. É a diferença entre os créditos e os débitos na conta. Se fizer um depósito no multibanco, aumenta logo o saldo contabilístico da conta, mas só depois do banco conferir os valores depositados é que o saldo passa a estar disponível. Por essa razão, pode não conseguir levantar o montante que aparece como saldo contabilístico.

Saldo Disponível. Este é o valor que pode utilizar imediatamente sem recorrer a crédito, ou seja, sem pagar juros, comissões ou encargos.

Saldo Autorizado. É a soma do saldo disponível mais o valor a crédito que está autorizado a utilizar, como é o caso das contas ordenado. Tenha em conta que a sua utilização poderá implicar o pagamento de juros e outros encargos.

Saldo Cativo. Trata-se de um valor que não foi processado pelo banco e, portanto, está cativo até que seja liquidado. As compras ao fim-de-semana ou através da internet, e o pagamento de portagens por exemplo, são circunstâncias em que o dinheiro pode não ser imediatamente descontado, ficando cativo.

Conta. Refere-se ao número da sua conta bancária.

ID. É o número que identifica a máquina em relação à Sociedade Interbancária de Serviços (SIBS), a proprietária da rede Multibanco.

Pagamento de serviços. Pagamentos como a eletricidade, água, o telemóvel ou outros aparecem no talão como Pagamento de Serviço ou “Pag Serviço”.

Compra de cartão. Refere-se às compra feitas com o cartão multibanco.

Estorno de pagamento. Quando no descritivo do movimento, no talão, aparece a sigla “STN”, significa que o comerciante lhe devolveu o valor dinheiro gasto num determinado produto, porque o ato da compra foi cancelado.

Pagamento de Baixo Valor. Diz respeito a transações que não requerem a introdução do PIN do cartão, como é o caso do pagamento de portagens. O débito é efetuado alguns dias depois.

Transferência intrabancária ou interbancária. São transferências efetuadas entre contas abertas na mesma instituição bancária ou em instituições diferentes, respetivamente.

Gestão de conta. São comissões que estão associadas às despesas de manutenção da conta que é titular.

Imposto Selo. Ao valor da comissão de manutenção ou de gestão acresce imposto do selo de 4%.

Especial Animais

Dizem que os animais são os nossos melhores amigos, por isso criámos um especial para eles!

Cão à janela do carro vale multa pesada

Poupar

Cão à janela do carro vale multa pesada

1 min
10 receitas de comida para o seu cão feitas em casa

Poupar

10 receitas de comida para o seu cão feitas em casa

2 min
Tem um gato? Prepare-lhe refeições caseiras

Poupar

Tem um gato? Prepare-lhe refeições caseiras

2 min
Pode invadir uma casa para salvar um animal maltratado?

Direitos e Deveres

Pode invadir uma casa para salvar um animal maltratado?

3 min
Cão na creche, cão feliz.

Direitos e Deveres

Cão na creche, cão feliz.

5 min
5 despesas que pode evitar com animais

Poupar

5 despesas que pode evitar com animais

1 min
Como poupar nas despesas de veterinário

Poupar

Como poupar nas despesas de veterinário

4 min