Poupar

Como poupar num anel de noivado

3 min

Quer pedir a sua namorada em casamento e pretende oferecer-lhe um anel que tenha um preço adequado ao seu orçamento? Saiba o que fazer.

Se o casamento é um momento único e especial, que deve ser inesquecível, o dia em que o pedido é feito é de igual importância. A esta data está associado o anel de noivado que todas as mulheres gostam de receber. Na compra de um anel de compromisso deve ter-se em conta, além da beleza, que seja original, que se identifique com a pessoa, que seja especial e que o preço não ultrapasse o valor planeado.

A originalidade e um design único, dizem os especialistas, são duas das características mais desejadas pelas mulheres quando imaginam o futuro anel de noivado. No topo das preferências está, também, a existência de um diamante. O problema é que ter um diamante encarece logo o preço do anel, em muitos casos em 70%.

Perante estes dados, deixamos-lhe algumas dicas que deve seguir antes de comprar um anel de noivado.

Escolha bem o sítio onde comprar

É fundamental adquirir o anel numa joalharia que conte com uma equipa de designers de jóias. Estes sabem aliar as características de um anel de noivado à criatividade e originalidade.

Se escolher bem o sítio, pode conseguir um preço acessível, mesmo com um diamante, ou conseguir um anel adequado à ocasião, com um rubi, uma safira ou uma esmeralda.

Há joalharias que conseguem preços mais baixos por serem elas próprias a fazer o controlo sobre a fabricação das jóias, não precisando de intermediários. Tente ver se existe alguma perto de si.

Como escolher o anel

O clássico anel de noivado é o solitário de diamantes. No entanto, nos últimos anos surgiu uma nova tendência que é a aliança de diamantes. As vantagens são muitas: é mais cómoda e discreta. Devido ao seu design, é a melhor opção para utilizar no dia-a-dia. Pode ser gravada e adaptada à medida do dedo. E é mais barata.

Seja arrojado e escolha um anel antigo ou vintage

Opção ideal para as noivas mais arrojadas e que se querem destacar. Anéis antigos, vintage ou retro, são mais baratos e usam pedras preciosas exclusivas, primando pela diferença.

Na Internet identifica onde os pode encontrar, mas, atenção, antes de comprar peça um certificado de avaliação para garantir que a data e a autenticidade da jóia são verdadeiras.

Compre um anel usado

Há quem venda o seu anel de noivado após uma separação ou divórcio. Neste caso, fica naturalmente mais barato. Por isso, esta é uma boa forma de poupar.

Pode haver quem não goste da ideia de usar um anel que já foi de outra pessoa, mas os descontos podem ser significativos, variando entre os 20% e os 40%.

Veja sites de leilões, classificados online e grupos de venda. Tal como acontece com a compra de jóias antigas, poderá pedir um certificado de avaliação.

Escolha um anel de família

Vale a pena ver se existem relíquias familiares que possam funcionar como anéis de noivado. E, lembre-se, estes não têm necessariamente que ser de diamantes. Jóias de família têm associadas histórias e uma ligação sentimental.

Se adquirir, com a permissão do detentor original, poderá personalizar o anel à medida e gosto da pessoa a quem vai oferecer.

Opte por algo diferente e fuja aos diamantes

Há anéis bonitos que não são de diamantes, mas que são mais  baratos. São várias as alternativas. É só ver qual a que mais se enquadra na personalidade da pessoa e aquele que considera ser mais adequado a uma ocasião tão especial como o casamento.

Safira branca, safira, esmeralda e rubi são algumas das opções. Pode decidir, também, por algo mais criativo e escolher uma pérola.