Poupar

Como organizar uma ceia de Natal sem gastar muito dinheiro

3 min

Toda a gente gosta de receber a família e os amigos em casa na ceia de Natal. Saiba que pode receber quem mais gosta, sem gastar muito dinheiro.

Este ano, a ceia de natal é em sua casa? Está na hora de começar os preparativos para evitar esquecimentos e preocupações e para lhe pesar menos na carteira. Ter uma lista de compras já planeada e fazer tudo com antecedência pode fazer a diferença. É que, feitas as contas, organizar a consoada não sai barato. Por isso, siga estas dicas.

Defina o menu e compre apenas o necessário

Antes de sair para as compras, faça o menu. Decida o que vai servir, calcule o que vai precisar em função do número de pessoas, confirme os ingredientes de que precisa e o que lhe falta na despensa e compre apenas bens os necessários. Se puder, levante o dinheiro suficiente e deixe todos os cartões em casa.

Se puder definir um orçamento, melhor

Defina um orçamento, faça uma lista de compras de acordo com o menu e cumpra-o à risca. Com a lista na mão, será mais difícil desviar-se do seu destino e perder-se em promoções e tentações.

Faça tudo em casa

Evite comprar a comida da consoada em restaurantes. Acaba sempre por sair muito mais caro. E, ainda pior, é recorrer aos alimentos pré-preparados ou a um take-away, que lhe poupa tempo, mas não a carteira. Além disso, não há nada melhor do que comida fresca e caseira.

Evite as entradas

É comum muitas famílias portuguesas terem na mesa de Natal queijos e enchidos como entradas. Além de caros, tiram o apetite para o prato principal. Por isso, se puder, evite-os. Se fizer questão de servir uma entrada, opte por algo mais simples e mais barato, como uma salada de tomate e azeitonas, ovos mexidos com pimentos ou uma sopa de legumes assados.

Pode alterar o menu tradicional, a pensar na poupança

Se chegar à conclusão de que comprar bacalhau, peru, cabrito ou leitão vai sair caro, pode sempre optar por fazer diferente e variar. O bacalhau pode ser trocado por outro tipo de peixe mais barato e o peru por frango, por exemplo. O mesmo se aplica às sobremesas. Se a receita for inesquecível, os convidados nem vão dar pela mudança. Poupa e introduz um efeito surpresa ao seu natal.

Toda a gente deve contribuir

Se vai receber um número elevado de pessoas na ceia de Natal, a despesa deve ser repartida por todos. Combine com antecedência quem leva o vinho, as rabanadas, os sonhos, as filhoses e o peru. Vai ver que sai mais em conta.

Aproveite as promoções e compre produtos de marca branca

Há muitos produtos, como as bebidas, o vinho, a farinha, a letria e os ovos, que podem ser comprados com antecedência, aproveitando as promoções. Por isso, esteja atento e compre o mais cedo possível o que puder. Não se esqueça que os produtos de marca branca garantem qualidade e são mais baratos, sendo uma boa opção para poupar em alguns ingredientes, podendo assim gastar mais um bocadinho no bacalhau e no azeite.

Opte pelos mercados e as feiras de bairro

Se tiver um mercado perto de si, ou for comum haver uma feira semanal, vale a pena ir lá espreitar. Os preços são mais em conta do que no hipermercado e a qualidade é superior.

Use a criatividade e recicle na decoração da mesa

Não tem que gastar muito dinheiro para ter uma bonita mesa de natal. Use a criatividade na decoração. Reaproveite objetos que tem em casa e dê-lhes novas utilidades. Uma forma barata e prática de decorar a mesa é a de espalhar bolas de árvore de Natal ou, então, encher taças de vidro com flores, materiais e objetos alusivos ao Natal. Recicle e reutilize a decoração das ceias de Natal anteriores.