Poupar

Como emagrecer sem gastar muito dinheiro

3 min

Seguir uma das dietas mais famosas pode sair bem caro. Quer saber como conseguir perder peso sem ter de gastar um balúrdio?

O Verão está a chegar e, com ele, a preocupação de ficar bem num fato-de-banho ou biquini. Antes de entrar em soluções radicais, veja as nossas sugestões.

Já ouviu falar nas dietas iô-iô?

Há quase sempre a tentação de experimentar dietas famosas, que prometem efeitos rápidos, mas tenha cuidado porque podem ser perigosas para a saúde. Além disso, muitas vezes, o que acontece é: emagrece 10 quilos e depois engorda 20. E não quer isso, pois não?

Segundo os nutricionistas, para emagrecer, de forma saudável, precisa de apostar numa alimentação adequada e fazer exercício físico. Os resultados poderão não ser tão rápidos quanto gostaria, mas vão ser muito mais equilibrados e duradouros.

Faça boas escolhas

Muitas pessoas acreditam que, para ter uma alimentação saudável ou fazer exercício físico, é preciso gastar muito dinheiro. Na realidade, é uma questão de saber fazer as melhores escolhas. Damos-lhe algumas dicas:

1) Prepare as suas refeições em casa

Tome o pequeno-almoço em casa e escolha opções saudáveis. Por exemplo, um batido, um sumo de frutas (ou mesmo com vegetais), granola caseira, aveia, entre muitas outras. Ao almoço, resista à tentação de ir ao restaurante com os seus colegas de trabalho. Leve uma marmita e junte-se a eles só para tomar o café. Entre as refeições, escolha snacks saudáveis como fruta, iogurtes, frutos secos ou um ovo cozido Não precisa de comprar um livro de receitas. Pesquise na Internet e encontra muitas sugestões. Além de ter uma alimentação mais saudável, ainda poupa dinheiro.

2) Faça compras inteligentes

Algumas lojas de produtos biológicos ou frescos cobram, de facto, mais caro. Mas tem outras opções. Que tal ir ao mercado ao fim-de-semana? Pode escolher fruta e legumes frescos e ainda passeia com a família. Também existem algumas empresas que entregam cabazes ao domicílio ou pode levantá-los num ponto de recolha. Os preços de um cabaz começam nos 3,5€.

Prefira peixe e carnes brancas – como frango ou peru – e opte por grelhados e cozidos em vez de fritos ou guisados. Evite, ao máximo, ir às compras com fome para não gastar dinheiro naquilo que não precisa.

3) Beba 2 litros de água por dia

Em vez de comprar garrafas, opte por uma reutilizável de vidro e encha com água da torneira ou utilize os dispensadores existentes em muitos escritórios. Alguns supermercados já vendem água a granel, ou seja, utiliza sempre a mesma garrafa e enche-a. Assim poupa dinheiro e protege o meio ambiente por não comprar garrafas de plástico.

Uma alternativa à água são os chás sem açúcar. Prefira os chás feitos em casa, a partir das folhas, do que os de saqueta ou refrigerantes.

4) Mexa-se

Para fazer exercício físico, não é necessário gastar dinheiro na mensalidade de um ginásio. Pode fazer caminhadas ou juntar-se a grupos de treino gratuitos como estes. No dia-a-dia, pode optar por fazer trajetos a pé ou andar de bicicleta. Ao fim-de-semana, escolha passear com a família e leve as crianças ao parque ou à praia. De certeza que vai exercitar-se e queimar calorias.

5) Invista no que é mais importante para si

Se puder investir algum dinheiro, é preferível apostar em algo que ajude a mudar os seus hábitos no médio e longo prazo. Se tiver de optar, prefira fazer consultas com um nutricionista do que inscrever-se num ginásio. Um nutricionista poderá ajuda-lo a definir um plano adequado às suas necessidades. Alguns ginásios também incluem consultas mensais com nutricionistas, mas, por norma, esta opção só está disponível se contratar treinos privados.