Dinheiro

Como cancelar um débito direto?

2 min

Saiba como cancelar um débito direto de uma forma simples.

Os portugueses usam, cada vez mais, esta funcionalidade, que ajuda a simplificar a vida das famílias. O Banco de Portugal define os débitos diretos como um serviço que permite agilizar o pagamento de despesas como as contas da água, luz, telefone, gás, seguros, renda da casa e outro tipo de créditos, quer sejam mensais, pontuais ou periódicas, através de uma autorização de débito na conta bancária.

No entanto, muitas vezes, os clientes bancários pretendem cancelar os débitos diretos e não sabem como fazê-lo.

A primeira coisa que deve saber é que esta funcionalidade pode ser gerida de uma forma muito personalizada, o que significa que pode: definir o valor, a periodicidade e a validade de um débito direto, mas também pode – a qualquer momento – cancelar ou inativar um débito direto ou todos.

Há vários motivos para o fazer, sejam cobranças indevidas, valores incorretos, mudança de credor ou de fornecedor, ou pura e simplesmente a vontade de voltar a fazer os pagamentos manualmente. 

Como cancelar débito direto?

Há várias formas de o fazer. Pode falar com o seu prestador de serviços de pagamento, tipicamente, o Banco. Outra forma simples de cancelar um débito direto é numa caixa Multibanco:

  1. Introduz o cartão de débito e código PIN associado
  2. Seleciona a opção ‘Débito Direto’
  3. Nesse campo conseguirá visualizar todos os débitos diretos ativos
  4. Seleciona o contrato que quer cancelar em ‘Cancelamento da Autorização’
  5. Carrega em confirmar e a operação de cancelamento fica concluída.

Comunicar à entidade credora

O facto de cancelar um débito direto não termina uma relação contratual, ou seja, tem sempre de comunicar a sua intenção à entidade credora.

Se o objetivo for desvincular-se da empresa ou entidade, tem de comunicar essa decisão oficialmente. Se pretender apenas alterar a forma de pagamento, também deve comunicar à entidade credora, para que esta não considere o cancelamento do débito direto como um incumprimento no pagamento.

O que deve saber (ainda) sobre débitos diretos?

  1. Além de cancelar um débito direto, pode fazer uma gestão muito fina desta funcionalidade. Se não quiser usar esta funcionalidade em qualquer caso, pode bloquear totalmente os débitos diretos da conta.

Junto do seu Banco, pode limitar os débitos diretos a determinadas entidades, criando uma “lista negativa de credores” e, ao contrário, também pode criar uma lista de entidades autorizadas, uma “lista positiva de credores”.

  1. Rejeitar um pagamento antes da cobrança

Se verificar antecipadamente que o valor que a entidade lhe vai cobrar está incorreto, pode informar o seu Banco para rejeitar aquele pagamento pontual. Esta operação tem de ser efetuada até ao dia útil anterior à data prevista para o débito direto.

  1. Pedir reembolso de débito direto

Se verificar posteriormente ao débito direto que o valor está incorreto, tem também a possibilidade de pedir o reembolso do valor ao seu prestador de serviços de pagamento, até oito semanas após a data da cobrança.