Poupar

Como baixar a fatura da luz através da potência elétrica

2 min

Todos queremos poupar no fim do mês. Comecemos por baixar a conta da luz e o primeiro passo é conhecer a potência ideal a contratar para a sua casa.

Data de publicação 2020 M09 16

Apesar de sabermos que todos os meses pagamos um valor fixo nas nossas faturas de energia ou água, não costumamos dar grande atenção a estes pormenores. No entanto, é muito importante ter em conta a esta questão que lhe pode ajudar a reduzir custos desnecessários.

Uma das partes principais a considerar para o conseguir, é conhecer a potência ideal a contratar para a sua casa.

Tenha em mente que quanto mais potência contratar, mais pagará ao final do mês, pelo que é necessário encontrar as melhores tarifas de luz para poupar e ainda evitar que o seu quadro elétrico “dispare”.

O que é a potência contratada?

A potência é um dos componentes fixos na fatura da eletricidade, e outro é o consumo que de mês para mês pode variar significativamente. No caso da potência não, e é frequentemente denominada de “aluguer do contador”. De acordo com os eletrodomésticos em casa, deve ter uma potência elétrica associada para que possa usufruir da eletricidade sem inconvenientes.

A potência da luz é calculada em kilowatts (kWh) e normalmente na fatura vem mencionada como “termo de potência” ou até “termo fixo de potência” com o respetivo valor mensal (baseado no número de dias de consumo que estejam na fatura).

Na fatura elétrica vão ser pagos dois conceitos diferentes: termo de energia (que é a eletricidade gasta todo o mês) e termo de potência (valor fixo mensal a pagar, mesmo quando não se consome energia).

Como se calcula a potência da luz?

Para saber a potência elétrica ideal para a sua casa, deve ter em consideração três aspetos:

  • Número total de eletrodomésticos e quantos usamos ao mesmo tempo;
  • Se tem uma instalação monofásica ou trifásica;
  • Número de habitantes em casa

Pode pedir uma potência contratada que se situe entre os 1,15kWh e os 20,7kWh. No entanto saiba que para um consumo doméstico “normal” o mais contratado é entre os 3,45 kWh e os 6,9 kWh.

Com a ajuda da sua comercializadora de luz ou até um um eletricista credenciado, saberá desvendar qual o nível de potência ideal para o seu caso.  Fique atento que alguns tarifários lhe cobram mais pelo valor do kilowatt com base na potência que escolher.

Como se solicita a mudança de potência elétrica?

Ao contactar com a sua companhia de energia deve indica que pretende baixar ou aumentar a potência contratada. É comum que tenha de indicar os dados que estão na sua conta da luz, bem como a potência que pretende e ainda o código ponto de entrega que permite identificar a sua instalação elétrica.

Até ao momento este pedido não é cobrado pelas empresas e pode ser solicitado sempre que o consumidor o considere.

No entanto, é aconselhado que saiba muito bem qual a potência que pretende, pois por vezes estas alterações podem demorar vários dias, e se contratar uma potência abaixo do que realmente necessita, terá o seu quadro elétrico a disparar até nova alteração.

 

Recibos Verdes e Trabalhadores Independentes

Para saber como funcionam os recibos verdes, quais as suas novas regras, ou todas as características de um regime de trabalhador independente, consulte os artigos desta página.

Está a trabalhar a recibos verdes? Conheça os seus direitos

Impostos

Está a trabalhar a recibos verdes? Conheça os seus direitos

2 min
Vantagens e desvantagens do regime simplificado e contabilidade organizada

Impostos

Vantagens e desvantagens do regime simplificado e contabilidade organizada

2 min
O IVA nos recibos verdes

Impostos

O IVA nos recibos verdes

2 min
Segurança Social de Trabalhadores Independentes: contribuições e isenções

Impostos

Segurança Social de Trabalhadores Independentes: contribuições e isenções

1 min
Trabalhador a recibos verdes: como conseguir crédito?

Crédito

Trabalhador a recibos verdes: como conseguir crédito?

1 min