Trabalho e carreira

Cinco segredos para melhorar a sua produtividade

2 min

Nem sempre conseguimos desempenhar da melhor maneira as nossas tarefas. Mas é possível melhorar a produtividade.

Quer gerir melhor o seu tempo e tornar-se mais produtivo? O livro "Fazer Mais em Menos Tempo", de Brian Moran e Michael Lennington, da editora Clube do Autor, dá conselhos úteis. Os autores são especialistas em liderança e desempenho, e partilham no livro alguns conselhos para que consiga, em 12 semanas, melhorar quatro vezes ou mais o desempenho atual.

Saiba quais são as principais ideias para que tenha a carreira com que sempre sonhou.

Imagine o ano com 12 semanas

O que seria diferente na sua vida se todos os dias desse o seu melhor? O caminho passa por um método de execução de 12 semanas. Os autores argumentam que, muitas vezes, “os objetivos e os planos anuais são um obstáculo para um desempenho elevado”, uma vez que, ao acreditar que para o final do ano falta sempre muito tempo, fica a faltar o sentido de urgência. Aconselham que se deixe de fazer metas anuais, e que passemos a optar por ciclos temporais mais curtos, que nos devemos concentrar numa só tarefa durante um determinado período de tempo,.

Saiba o que quer do futuro e saia da sua zona de conforto

Quando não há uma razão convincente para desempenhar determinada tarefa, acontece, muitas vezes, escolher-se a atividade mais agradável em detrimento da mais desagradável, a mais confortável em detrimento da que receia. Sublinham os autores ser essencial criar e manter uma “visão convincente do futuro”, e “vislumbrar tudo o que quer ser a longo prazo, algo que deseja mais do que esse conforto fácil a curto prazo”.

Pontue o seu desempenho

A avaliação conduz o processo empresarial, lê-se na obra, onde se defende que definir uma pontuação ao que se faz permite perceber o nível de eficácia. Desta forma, confrontamo-nos com a realidade e tentamos melhorar o desempenho.

Aprenda a gerir o tempo

É comum falar de tempo para não se realizar uma tarefa. O livro cita um estudo realizado há alguns anos pela Salary.com que concluiu que, em média, as pessoas desperdiçam cerca de duas horas em cada dia de trabalho. É, pois, fundamental aprendermos a gerir o tempo. Para os autores, o ideal é dar prioridade a trabalhos, dizendo sim e não às diferentes exigências.

Saiba distinguir interesse de compromisso

Existe uma diferença clara entre interesse e compromisso, salientam Brian Moran e Michael Lennington, autores do livro "Fazer Mais em Menos Tempo". “Quando estamos interessados em fazer algo, só o fazemos quando as circunstâncias o permitem. Quando estamos comprometidos em fazê-lo não há desculpas que nos valham, apenas resultados”, frisam.