Crédito

Banco de Portugal recebeu 37 reclamações por dia no primeiro semestre de 2016

1 min

O Banco de Portugal recebeu cerca de 6,700 reclamações de clientes bancários, desde o inicio de 2016. E abriu 106 processos de contra-ordenação no mesmo período de tempo.

O Banco de Portugal recebeu 6,691 reclamações de clientes bancários durante o primeiro semestre de 2016, cerca de 37 reclamações por dia e uma média de 1.115 por mês, segundo a Sinopse de Actividades de Supervisão Comportamental. As contas de depósito e o crédito foram as matérias alvo de mais queixas.

Em comparação com 2015, registou-se uma ligeira redução de 0,8%, com quedas nas reclamações sobre contas de depósito, menos 0,2%, e crédito aos consumidores, menos 5,9%. As queixas subiram 1,4% no crédito hipotecário. O Banco de Portugal destacou uma “descida do número de reclamações sobre situações de incumprimento”. Em relação às reclamações encerradas durante os primeiros seis meses de 2016, em 64% não houve indícios de infração”por parte da instituição financeira.

No âmbito da atividade de supervisão, o banco central instaurou 106 processos de contra-ordenação contra 27 entidades, sobretudo pelos incumprimentos detectados pela análise de reclamações de clientes bancários. Também emitiu 426 recomendações e determinações específicas, dirigidas a 68 entidades, que incidiram, sobretudo, na área do crédito aos consumidores.