Dinheiro

As duas opções, antes de marcar o código do cartão.

1 min

Saiba o que significam as duas opções que passaram a aparecer no visor do terminal de pagamento automática, quando paga uma compra com um cartão de débito.

Foi há mais de um ano que o pagamento com cartão em Terminal de Pagamento Automático (TPA) mudou e passou a ser necessário, quase sempre, escolher uma das redes de pagamento disponíveis, além do tradicional “verde-código-verde”.

Apesar de não ser uma novidade, o procedimento continua a levantar dúvidas a alguns consumidores, que continuam a sentir um certo desconforto no momento de selecionarem a primeira ou a segunda opção que lhes aparece no visor, antes de fazerem um pagamento com um cartão de débito. O principal motivo está relacionado com o receio de terem de pagar alguma taxa extra se escolherem a opção errada.

Se ainda não está totalmente esclarecido em relação a este assunto, queremos dizer-lhe que pode ficar descansado, porque não está em causa qualquer custo adicional para o consumidor.

Grande parte dos cartões emitidos em Portugal integram quer a marca Multibanco, quer outra marca internacional, como Visa, MasterCard ou American Express, por exemplo. E sempre que um cartão disponibiliza várias marcas de pagamento, o titular do cartão passa a ter a possibilidade de escolher, no terminal, a marca que pretende usar naquela operação. Mas, na prática, é indiferente escolher uma opção ou a outra, porque o que está a selecionar não é uma modalidade de pagamento. Se está a usar um cartão de débito, a operação será sempre efetuada nesta modalidade. Aliás, não tem sequer a possibilidade de optar entre realizar a operação a débito ou a crédito.

Apenas no caso dos comerciantes, a opção do consumidor por uma ou outra marca pode implicar custos diferentes, conforme o contrato celebrado com os prestadores de serviços de pagamento.