Poupar

Anda de mota? Aprenda a ter uma condução defensiva.

1 min

A GNR está a dar ações de formação para motociclistas. As sessões decorrem em Queluz, são gratuitas e a próxima é já no sábado.

Foram 112 mortes e quase 8 mil acidentes com motociclos e ciclomotores, durante o ano de 2017. São dados que se refletem inclusivamente num aumento da sinistralidade no ano passado.   

As condições rodoviárias, que não são boas para a prática do motociclismo, contribuem a para estes números. Piso e bermas danificadas, sinalização pouco eficiente e uma clara falta de preparação dos condutores de automóveis são algumas dos fatores de risco. Mas depois existe também alguma falta de preparação dos motociclistas para enfrentar o trânsito com segurança. E é por essa razão que a GNR está a promover ações práticas de condução defensiva para quem anda de mota.  

As ações decorrem no quartel de Queluz, onde funciona a escola de condução da GNR, e são dadas por os militares da Escola da Guarda e da Unidade Nacional de Trânsito da GNR. Quem assiste é convidado a assistir e a repetir os exercícios de condução defensiva num circuito dentro das instalações. O objetivo é treinar comportamentos que possam evitar acidentes.

A próxima ação está agendada já para o próximo sábado, dia 23 de junho e é gratuita. Os interessados podem candidatar-se a esta ou a futuras ações que irão decorrer ao longo do ano. As inscrições devem ser feitas através do endereço de e-mail sensibilizacao2rodas@gnr.pt.

No final, os participantes têm direito a um diploma de presença. E, mais importante ainda, levarão ‘ferramentas’ para andar na estrada que pode salvar-lhes a vida.