Poupar

Alimente-se de forma saudável sem gastar muito dinheiro

3 min

Comer menos carne, consumir mais leguminosas e eliminar os fritos são os primeiros passos a dar se quer começar a ter uma alimentação mais saudável em 2017.

Quer comer de forma mais saudável? Comece por identificar os hábitos que lhe deram peso a mais e construa um plano alimentar aliado à prática de exercício físico. Se precisar de aconselhamento personalizado, pode sempre consultar um nutricionista. Saiba como ter uma alimentação equilibrada, sem gastar muito dinheiro.

1. Faça uma lista de compras

Pode parecer óbvio, mas sair de casa com objetivos específicos facilita muito o passeio pelas prateleiras do supermercado. Ter uma lista dos alimentos saudáveis que quer levar, ajuda-o a focar-se no essencial e a não cair em tentações.

2. Leia os rótulos

É determinante para conseguir cumprir a promessa de comer apenas o que faz bem. Ler os rótulos dos produtos pode ser uma boa maneira de o ajudar a evitar ingredientes que não sejam amigos da sua saúde.  As informações nutricionais  não são apenas as calorias.

3. Coma diariamente frutas e vegetais

Coma diariamente fruta e legumes diversos. Esta é regra obrigatória para quem quer ter uma alimentação saudável. Mas tente escolher frutas e legumes da época, pois isso garante que o sabor é melhor do que o de um vegetal ou fruta fora de época.

4. Compre produtos a granel e de marca branca

Estabelecimentos especializados e produtores locais podem ser boas alternativas na hora de comprar produtos naturais. Talvez seja mais económico adquirir uma quantidade menor, que se adeque às suas necessidades, do que investir numa embalagem lacrada e etiquetada no mercado.

5. Escolha os congelados em vez dos enlatados

O consumo de vegetais congelados não é um inimigo da alimentação saudável. Produtos como milho e ervilhas conservados em latas não preservam os nutrientes e são acompanhados de conservantes, enquanto os pacotes congelados tendem a mantê-los devido às baixas temperaturas.

6. Guarde ou congele em porções

Uma boa ideia para os alimentos comprados em grande quantidade ou a granel é a de dividi-los em porções menores para facilitar tanto o armazenamento quanto o consumo. Alguns produtos podem, inclusive, ser congelados para que durem mais. Sempre que os quiser consumir, é só retirá-los do congelador.

7. Cultive os seus próprios produtos

Ter um espaço em casa e um pouco de terra também é uma ótima forma de garantir uma alimentação saudável e, se adquirir vegetais de produtores locais vai poupar dinheiro. Cultivar uma pequena horta não é muito trabalhoso e pode ajudar a ter sempre produtos frescos e saudáveis em casa.

8. Faça as suas próprias refeições

A melhor forma de comer bem de verdade está em preparar as suas refeições ou, pelo menos, ter algum controlo sobre aquilo que vai consumir. Alimentar-se em restaurantes nem sempre é uma boa opção, já que dificilmente é possível saber de todos os ingredientes utilizados no prato escolhido.

9. Evite estar longos períodos sem comer

Há erros que não deve cometer. Nunca deve ficar longos períodos sem comer, por isso, tente fazer pequenos lanches entre as refeições principais. O ideal é fazer uma correta distribuição das suas refeições e não saltar nenhuma delas. O aconselhável será fazer 5 a 6 refeições diárias: Pequeno-almoço, um lanche a meio da manhã, o almoço, um lanche à tarde, o jantar e uma ceia um pouco antes do deitar.

10. Beba muita água

Se quer ter uma refeição saudável, assimile este conselho. Ponha pouco sal na comida e beba muita água ao longo do dia. O recomendável é que se consuma pelo menos, dois litros de água por dia. Além de ajudar na hidratação da pele, a água também é a grande responsável pela transposição de nutrientes hidrossolúveis como a vitamina B1, B2, B6 e B12.