Trabalho e carreira

Agricultura cresce há cinco anos mais do que o resto da economia

1 min

De 2011 a 2015, o setor agrícola registou um crescimento de 2,4%, contra um recuo de 0,9% do conjunto da economia.

Há cinco anos que o setor agrícola tem melhor performance do que o resto da economia. Entre 2011 e 2015, cresceu 2,4%, contra um recuo de 0,9% no conjunto da economia. A produtividade aumentou 12% no setor e 0,3% na economia. A única variável negativa é o emprego, que caiu 8,3%, contra 1% no conjunto da atividade económica.

A conclusão consta de um estudo do Fórum para a Competitividade. No documento é referido haver um conjunto significativo de áreas que precisam de reformas. São elas “a excessiva fragmentação da propriedade; a insuficiência do regadio; o elevado custo de factores; a morosidade do licenciamento e burocracia; a insuficiente valorização dos bens públicos produzidos pelo sector; demasiadas condicionantes ambientais; mão-de-obra com qualificações muito baixas e uma notória necessidade de reforçar as exportações e expandir fortemente o turismo rural.

O estudo concluiu haver a necessidade de apostar no desenvolvimento de marcas próprias e no aumento da incorporação de valor acrescentado aos produtos agrícolas. Para que a agricultura seja mais competitiva, o estudo indica ser necessária uma redução no custo dos factores de produção “como seja a energia e a água, não apenas do lado do preço, mas cada vez mais pelo aumento da eficiência no seu uso”.