Direitos e Deveres

7 programas de apoio a idosos

4 min

Saiba que programas de apoio existem para cuidar dos idosos e onde encontrá-los.

Portugal tem uma das populações mais envelhecidas do mundo e, segundo um ranking internacional, ocupa mesmo a quinta posição. Por isso, surge cada vez mais a necessidade de procurar programas de apoio e equipamentos sociais que cuidem (ou ajudem a cuidar) dos seniores. Conheça o que existe e onde encontrar.

 

Serviço de teleassistência

O que é

É um serviço que estabelece uma ligação direta a uma rede de apoio, que podem ser desde familiares e amigos a profissionais especializados ou instituições. O objetivo é dar uma resposta imediata em situações de emergência, assim como dar apoio a pessoas isoladas, sós, vulneráveis ou em situação de dependência física e psicológica. Funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Como funciona

O serviço da Câmara Municipal de Lisboa (CML) funciona através de uma linha de telefone da rede fixa e estabelece uma ligação direta à Sala de Operações Conjuntas (SALOC) da autarquia. A Câmara Municipal de Oeiras disponibiliza um sistema de segurança que funciona através de um botão de alarme (medalhão) que, ao ser acionado, estabelece contacto com uma operadora. Se não houver resposta por parte do idoso que fez disparar o alarme, a operadora alerta uma rede de apoio. A Cruz Vermelha tem as opções fixa e móvel. Já o sistema da DECO surge sob a forma de um intercomunicador que pode ser utilizado como bracelete ou colar. A Câmara Municipal de Amarante também lançou um programa idêntico no ano passado e 11 dos 14 concelhos do distrito da Guarda estão a preparar um projeto conjunto com o mesmo objetivo.

Quanto custa

A Câmara Municipal de Lisboa disponibiliza o serviço de forma gratuita. O medalhão da Câmara Municipal de Oeiras tem um custo único de 200€, que pode ser comparticipado em situações de carência económica. Se for membro da Cruz Vermelha Portuguesa, tem “condições especiais de adesão” aos respetivos serviços. O sistema da DECO tem um custo de 16,95€ por mês para associados.

 

Operação S.O.S

O que é

É um número de telefone, disponibilizado pela CML, que estabelece ligação a uma infraestrutura de socorro composta pela Proteção Civil, Bombeiros e Polícia.

Como funciona

Basta ligar o 800 204 204 para pedir ajuda ou alertar para alguma situação de risco ou isolamento a que um idoso esteja sujeito.

Quanto custa

É gratuito.

 

Comparticipação nas despesas com medicamentos

O que é

É um programa da Câmara Municipal de Oeiras destinado a comparticipar o custo com medicamentos para pessoas, em situação de carência económica, com mais de 55 anos, que residam no concelho.

Como funciona

Através de um cartão denominado Oeiras Saúde +, que veio substituir o cartão 65+ (limitado a pessoas acima dos 65 anos).

Quanto custa

Para saber se tem as condições necessárias para poder usufruir deste programa, tem de preencher uma ficha de inscrição online ou dirigir-se aos Paços do Concelho, a uma junta de freguesia da região ou a um Espaço Cidadão.

 

Apoio domiciliário

O que é

É a prestação de cuidados individuais e especializados ao domicílio sempre que os próprios idosos ou familiares, por motivo de doença, deficiência ou outros impedimentos, não possam assegurar, de forma temporária ou permanente, as suas necessidades básicas ou da vida diária.

Como funciona

É disponibilizado por Câmaras Municipais (como Oeiras, Cascais, Maia, entre outras), pela Santa Casa da Misericórdia, por associações como a Cruz Vermelha e a APAV e por empresas privadas (veja aqui uma lista para o concelho de Lisboa).

Quanto custa

Os preços são muito variáveis. Informe-se caso a caso.

 

Melhoria das condições em casa

O que é

O Programa Conforto Habitacional para Pessoas Idosas (PCHI) da APAV tem como objetivo melhorar as condições básicas de habitabilidade e mobilidade dos idosos que utilizam o Serviço de Apoio Domiciliário, frequentem um Centro de Dia ou cuja prestação destes serviços esteja dependente de algumas melhorias na própria habitação, de forma a prevenir o internamento num lar.

Como funciona

Pode consistir em melhorias do espaço (tectos, paredes, portas, janelas, obras em casas-de-banho e cozinhas, adaptações para facilitar a mobilidade, etc) ou do equipamento (mobiliário e eletrodomésticos).

Quanto custa

Podem beneficiar deste programa pessoas a partir dos 65 anos cujo rendimento mensal seja igual ou inferior ao valor do Indexante dos Apoios Sociais e desde que reúnam uma série de condições (confira aqui quais). A candidatura é apresentada no município onde reside e selecionada, posteriormente, em conjunto com a Segurança Social.

 

RADAR - Rede de apoio a idosos vítimas de violência doméstica

O que é

É uma parceria entre o Grupo Concelhio de Idosos de Almada com outras entidades locais direcionada para as questões da violência contra pessoas idosas.Como funciona

Através de uma rede de apoio constituída por cerca de 30 organismos que procuram identificar e dar resposta a situações de violência doméstica e institucionalizada contra idosos.

 

Programa Apoio 65 – Idosos em Segurança

O que é

É um programa do Ministério da Administração Interna levado a cabo pela GNR que dá apoio às populações mais vulneráveis e aos idosos mais isolados.

Como funciona

Através do levantamento do número de idosos a viver de forma isolada e aumento do patrulhamento nessas zonas, assim como o reforço do policiamento nos locais públicos mais frequentados por cidadãos seniores.

Lembre-se que, apesar da oferta estar dispersa, existem apoios sociais disponíveis por todo o país. Informe-se na sua área de residência.